Topo

Coluna

Adriana de Barros

Skank regravará sucessos dos três primeiros discos em DVD ao vivo

Eduardo Anizelli/Folhapress
Samuel Rosa toca guitarra no show do Skank no Rock in Rio Imagem: Eduardo Anizelli/Folhapress
Adriana de Barros

Adriana trabalha no UOL desde 2000, passou pelas rádios Mix FM, 97Rock e pela gravadora Sony Music.

03/11/2017 04h00

Após anunciar que gravaria o DVD ao vivo em comemoração aos 20 anos do álbum “Samba Poconé”, o Skank resolveu atender os pedidos dos fãs e incrementar o projeto.

A banda mineira sobe ao palco do Circo Voador, dia 25 de novembro, para a​ ​gravação de “Os Três Primeiros – Ao Vivo no Circo Voador”. O registro será lançado em DVD, CD, Blu Ray e Vinil.


O show reunirá os sucessos dos três primeiros trabalhos do grupo e algumas das músicas mais representativas do Skank nesse período. O repertório terá “Tanto”, “Jackie Tequila”, “Partida de Futebol”, “Garota Nacional”, “Tão Seu”, “Pacato Cidadão” “Let’s Try Again”, “Baixada News”, "Sem Terra”, ”Eu Disse a Ela” e “Te Ver”, entre outras.

A ideia do projeto surgiu durante os shows comemorativos aos 20 anos do álbum "Samba Poconé", quando o grupo recebeu pedidos de canções do repertório dos dois primeiros discos.

Outro fator que pesou na decisão: nos anos 1990, a banda não gravou nenhum álbum ao vivo. Os integrantes dizem sentir falta de um registro com essa sonoridade.

O Circo Voador foi escolhido pois foi onde a banda mais se apresentou no início de carreira, além de ser um local icônico no Rio de Janeiro.

O primeiro disco do Skank foi lançado em 1992, de forma independente. Em fevereiro de 1993, após assinar com a Sony, a banda remixou o álbum, quevendeu 250 mil cópias. “Calango”, lançado em 1994, é o álbum em que o Skank mais explicitou as influências do dancehall jamaicano.

O disco vendeu 1,2 milhão de cópias. Já “Samba Poconé” é o trabalho mais vendido dos mineiros e o primeiro do grupo a receber um cuidadoso lançamento no exterior. Ele saiu em 1996 e vendeu 1,8 milhões de cópias.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!