PUBLICIDADE
Topo

A fila andou: após cinco meses, quarta vocalista deixa a banda de Ximbinha

Michele Andrade deixa a banda X-Calypso - Site oficial Michele Andrade
Michele Andrade deixa a banda X-Calypso Imagem: Site oficial Michele Andrade
Adriana de Barros

Colunista de Música do UOL, onde atuou 20 anos na área de Entretenimento, com coordenação de coberturas em grandes festivais e do Carnaval. É curadora do edital 2020 Natura Musical e integrou o Superjúri 2019 do Prêmio Multishow. Eleita uma das cinco melhores jornalistas musicais do Brasil pelo WME Awards by Music2. Apresentadora do podcast Fala Zé na rádio Energia 97 ao lado de Zé Antônio Constantino e Hélio Cosmo Leite.

16/10/2017 18h16

Michele Andrade anunciou na tarde desta segunda (16) que não é mais vocalista da X-Calypso, projeto do guitarrista Ximbinha, ex-parceiro e marido de Joelma.

A cantora soltou um comunicado nas redes sociais dizendo que abandonou a banda "em decorrência de descumprimentos do que foi acordado para o projeto".

Michele foi a quarta vocalista a integrar a X-Calypso, que já teve Thábata Mendes, Leya Emanuelly e Carla Maués como "novas Joelmas".

Leia abaixo o comunicado na íntegra:

"Oi gente, na data de hoje estou deixando de participar da BANDA X em decorrência de descumprimentos do que havia sido estabelecido para o projeto.

Fico muito triste em dar essa notícia para todos os fãs, pois sei que já estavam com as melhores expectativas para que tudo desse certo; assim como eu!

Agradeço de coração a todas as pessoas que estiveram ao meu lado enquanto estive no projeto.

Beijos no coração e fiquem atentos às boas novas".

 

Uma publicação compartilhada por Michele Andrade (Oficial) (@micheleandradeoficial)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

em

Em comunicado enviado à imprensa, a assessoria de Ximbinha diz que músico "foi surpreendido hoje pela publicação da cantora Michele Andrade", ressaltando que "em nenhum momento a cantora pernambucana avisou previamente que pretendia sair da banda e que a decisão foi unilateral e pessoal de Michele".

Ainda segundo a nota, o guitarrista diz que a saída compromete shows agendados e participação em programas de TV e rádio que faziam parte do trabalho de divulgação do grupo e que serão tomadas "medidas cabíveis para contornar a situação".

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL