PUBLICIDADE
Topo

'Bacurau' ainda pode ser indicado ao Oscar; veja por que o filme merece

O ator alemão Udo Kier em cena de "Bacurau" -
O ator alemão Udo Kier em cena de "Bacurau"

Leonardo Rodrigues

Do UOL, em São Paulo

30/08/2020 04h00

Lançado há um ano, "Bacurau" perdeu a vaga de filme brasileiro no Oscar para "A Vida Invisível", em uma escolha polêmica que dividiu a Academia Brasileira de Cinema. O longa do diretor Karim Aïnouz, que narra a história de duas irmãs que vivenciam o machismo nos anos 1950, até tentou, mas não conseguiu ser indicado ao prêmio de melhor filme estrangeiro.

Ou seja, tudo levava a crer que era o fim da linha para 'Bacurau'

Mas não! O filme ainda pode entrar na próxima edição do Oscar, que acontece no dia 25 de abril de 2021

Como assim? Você deve estar se perguntando

Explicamos: apesar de ter sido lançado por aqui e ter passado por vários festivais internacionais em 2019, o longa dos diretores Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles só estreou comercialmente nos EUA no início de 2020, antes de a pandemia se agravar e as salas de cinema fecharem.

E para concorrer ao Oscar, fora da categoria de melhor filme internacional, o filme precisa ser lançado no circuito americano no ano anterior

Ou seja, Bacurau continua elegível!

Achou esquisito? Se você acompanha cinema, deve se lembrar que algo parecido aconteceu com "Cidade de Deus", que chegou aos cinemas brasileiros em 2002 e foi um dos destaques do Oscar só em 2004, quando recebeu quatro indicações.

Afinal, 'Bacurau' ainda merece um lugar no Oscar?

Nós achamos que sim, e não estamos sozinhos. O site americano IndieWire listou o filme como um dos melhores do mundo em 2020 e uma das apostas para a premiação mais importante do cinema.

Na nossa opinião, 'Bacurau' pode ser indicado em categorias como:

Melhor ator coadjuvante (Silvero Pereira)

O ator, que apareceu montado no tapete vermelho de Cannes e em outros eventos, entrega uma atuação impactante na pele de um cangaceiro andrógino que age nas brechas da lei e tem importância central no desfecho da história. Não seria nenhum exagero Lunga chegar em Hollywood.

Silvero Pereira como Lunga - Divulgação - Divulgação
Silvero Pereira como Lunga
Imagem: Divulgação

Melhor roteiro original (Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles)

Um ano após premiar o genial "Parasita", com sua história de abismo social e vingança, a Academia pode, sim, colocar a história de "Bacurau" entre as melhores do ano.

Precisamos reconhecer que o roteiro é bem amarrado, seduz pelo suspenso e traz uma perspectiva 100% brasileira, ainda não seja 100% original, como nada é no cinema.

Melhor diretor (Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles)

Os diretores manipulam nossas emoções em torno de uma atitude inaceitável: pessoas que querem dizimar uma comunidade pelo simples desejo de sentir prazer. O desfecho é catártico e belo, com violência estlizada, assim como o de "Parasita". Corre por fora pela indicação.

Os diretores Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles no Festival de Cannes  - Loic Venance/AFP - Loic Venance/AFP
Os diretores Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles no Festival de Cannes
Imagem: Loic Venance/AFP

Melhor filme (Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles)

Também corre por fora. E com menos chance. Mas não custa sonhar. Lembremos que "Bacurau" ganhou prêmios de melhor filme nos festivais de Munique, Lima e levou o importante prêmio do júri no Festival de Cannes.

Quando sai a lista?

Estamos na expectativa. Os indicados ao Oscar serão divulgados pela Academia no dia 15 de março, com listas preliminares saindo no dia 9 de fevereiro. Ou seja, no início do ano que vem saberemos se há chance ou não.

Você acha que 'Bacurau' ainda merece uma vaga no Oscar 2021?

Resultado parcial

Total de 1302 votos
85,64%
14,36%
Total de 1302 votos

Valide seu voto