PUBLICIDADE
Topo

Após Cannes, Festival de Toronto seleciona nacional 'Casa de Antiguidades'

Antônio Pitanga em cena de "Casa de Antiguidades", longa brasileiro selecionado em Toronto - Reprodução
Antônio Pitanga em cena de 'Casa de Antiguidades', longa brasileiro selecionado em Toronto Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

30/07/2020 11h13

O Festival de Toronto revelou hoje a sua seleção completa. O evento, que terá uma edição híbrida entre estreias físicas (com medidas de distanciamento por causa do coronavírus) e virtuais, ocorre entre 10 e 19 de setembro.

O Brasil é representado na lista por "Casa de Antiguidades", longa de João Paulo Miranda estrelado por Antônio Pitanga, que retrata a vida de um operário negro em uma cidade fictícia de colonização austríaca no Brasil.

O filme recentemente ganhou o selo de aprovação do Festival de Cannes — que, apesar de ter desistido de uma edição tradicional em 2020 por causa da pandemia, divulgou uma seleção de produções que teria exibido caso pudesse.

A seleção completa ainda conta com obras de cineastas consagrados, como Werner Herzog e Spike Lee, além de filmes que marcam as estreias de atores como Halle Berry, Regina King e Viggo Mortensen na direção.

Em "Bruised", dirigido por Berry, a estrela de "X-Men" também interpreta a protagonista, uma lutadora aposentada de MMA que precisa voltar aos ringues para sustentar o filho. A atriz treinou pesado para o papel, como dá para perceber pelo seu Instagram.

Confira a lista:

  • "180 Degree Rule", de Farnoosh Samadi (Irã)
  • "76 Days", de Hao Wu, Anonymous, Weixi Chen (EUA)
  • "Ammonite", de Francis Lee (Reino Unido)
  • "Druk", de Thomas Vinterberg (Dinamarca)
  • "Bandar Band", de Manijeh Hekmat (Irã/Alemanha)
  • "Beans", de Tracey Deer (Canadá)
  • "Dasatskisi", de Dea Kulumbegashvili (Geórgia/França)
  • "Bu Zhi Bu Xiu", de Wang Jing (China)
  • "Bruised", de Halle Berry (EUA)
  • "City Hall", de Frederick Wiseman (EUA)
  • Concrete Cowboy, de Ricky Staub (EUA)
  • "David Byrne's American Utopia", de Spike Lee (EUA)
  • "The Disciple", de Chaitanya Tamhane (Índia)
  • "Enemies of the State", de Sonia Kennebeck (EUA)
  • "Falling", de Viggo Mortensen (Canadá/Reino Unido)
  • "The Father", de Florian Zeller (Reino Unido/França)
  • "Fauna", de Nicolás Pereda | México/Canadá
  • "Fireball: Visitors from Darker Worlds", de Werner Herzog, Clive Oppenheimer (Reino Unido/EUA)
  • "Gaza, Mon Amour", de Tarzan Nasser, Arab Nasser (França/Alemanha/Portugal/Palestina/Qatar)
  • "Tao Chu Li Fa Yuan", de I-Fan Wang (Taiwan)
  • "Good Joe Bell", de Reinaldo Marcus Green (EUA)
  • "I Care A Lot", de J Blakeson (Reino Unido)
  • "Inconvenient Indian", de Michelle Latimer (Canadá)
  • "The Inheritance", de Ephraim Asili (EUA)
  • "Ash Ya Captain", de Mayye Zayed (Egito/Alemanha/Dinamarca)
  • "Limbo", de Ben Sharrock (Reino Unido)
  • "Casa de Antiguidades", de João Paulo Miranda Maria (Brasil/França)
  • "MLK/FBI", de Sam Pollard (EUA)
  • "The New Corporation: The Unfortunately Necessary Sequel", de Joel Bakan, Jennifer Abbott (Canadá)
  • "Nuevo Orden", de Michel Franco (México)
  • "La Nuit des Rois", de Philippe Lacôte (Costa do Marfim/França/Canadá/Senegal)
  • "Nomadland", de Chloé Zhao (EUA)
  • "No Ordinary Man", de Aisling Chin-Yee, Chase Joynt (Canadá)
  • "Notturno", de Gianfranco Rosi (Itália/França/Alemanha)
  • "One Night in Miami", de Regina King (EUA)
  • "Penguin Bloom", de Glendyn Ivin (Austrália)
  • "Pieces of a Woman", de Kornél Mundruczó (EUA/Canadá/Hungria)
  • "Felkészülés Meghatározatlan Ideig Tartó Együttlétre", de Lili Horvát (Hungria)
  • "Quo Vadis, Aïda?", de Jasmila Žbanić (Bósnia Herzegovina/Noruega/Holanda/Áustria/França/Alemanha/Polônia/Turquia)
  • "Shadow In The Cloud", de Roseanne Liang (EUA/Nova Zelândia)
  • "Shiva Baby", de Emma Seligman (EUA/Canadá)
  • "Spring Blossom", de Suzanne Lindon (França)
  • "A Suitable Boy", de Mira Nair (Reino Unido/Índia)
  • "Été 85", de François Ozon (França)
  • "The Third Day", de Felix Barrett, Dennis Kelly (Reino Unido)
  • "Trickster", de Michelle Latimer (Canadá)
  • "Asa Ga Kuru", de Naomi Kawase (Japão)
  • "Subarashiki Sekai", de Miwa Nishikawa (Japão)
  • "Violation", de Madeleine Sims-Fewer, Dusty Mancinelli (Canadá)
  • "Wildfire", de Cathy Brady (Reino Unido/Irlanda)

Filmes e séries