PUBLICIDADE
Topo

Ex de Jeremy Renner exige exame de drogas e de covid-19 e teme pela filha

Jeremy Renner, de "Vingadores" - Reprodução/YouTube
Jeremy Renner, de 'Vingadores' Imagem: Reprodução/YouTube

Do UOL, em São Paulo

21/07/2020 10h28

Nem só de ser o Gavião Arqueiro nos "Vingadores" gira a vida de Jeremy Renner. O ator está com problemas na Justiça com a ex-mulher, Sonni Pacheco, por conta da guarda da filha e pensão.

O site The Blast vasculhou documentos da longa batalha judicial, e a coisa está quente, com pedidos de exames de drogas e de covid-19 (Jeremy não estaria se cuidando) e acusações fortes de Sonni.

Jeremy e Sonni Pacheco são pais da garotinha Ava, de seis anos. Eles se separaram em 2014, mas os problemas na Justiça duram esse tempo todo.

Sonni já acusou Renner de ter tendências suicidas, abusar de cocaína, ser mentalmente instável e de morder a filha. Ela pediu que

Jeremy faça imediatamente testes de drogas conduzidos e supervisionados por um laboratório independente. [Jeremy] tem uma longa história de abusos de álcool e drogas, que persiste desde antes do casamento e depois do divórcio"

Mais grave, ela cita um incidente que teria acontecido em 2019:

[Jeremy] colocou uma arma em sua boca, ameaçou se matar e atirou contra o teto, enquanto a filha dormia em um quarto ao lado"

Jeremy diz que Sonni quer arruinar sua vida e está inventando mentiras. Seus advogados declararam:

O bem-estar de Ava sempre foi e continua sendo o foco de Jeremy. É importante notar que as dramatizações das falas de Sonny são um lado da história, mostrado com um objetivo específico em mente"

Agora a disputa está no valor de pensão. Renner quer diminuir o valor pago à artista, que faz esculturas. Ele pede redução de US$ 30 mil para US$ 11 mil (de R$ 157 mil para R$ 57 mil).

Pra completar, até a covid-19 entrou na parada.

Sonni quer que a corte obrigue Jeremy a respeitar o isolamento social, a fazer um teste da doença.

Ele não está seguindo as medidas de segurança da pandemia, inclusive com Ava em sua custódia, em sua casa em Reno. Há evidências fortes de que ele recebe várias pessoas em sua casa, sem máscaras. Inclusive muitas jovens mulheres"

Jeremy diz que não há base para os pedidos da ex, a quem já acusou de ter problemas psicológicos e obsessão por sexo.

Enquanto há chumbo trocado de lado a lado, a próxima audição em corte será em 20 de agosto.