PUBLICIDADE
Topo

Leonardo se irrita com falha, para live e xinga: 'Quem foi filho da p...?'

Leonardo se irrita com falha, para live e xinga: "Quem foi filho da p...?" -  Glaucon Fernandes - 26.jan.2019/Eleven
Leonardo se irrita com falha, para live e xinga: 'Quem foi filho da p...?' Imagem: Glaucon Fernandes - 26.jan.2019/Eleven

Do UOL, em São Paulo

27/06/2020 21h29

Leonardo ficou pistola logo no início de sua live, Canto Bebo e Choro, por um problema técnico no retorno do som. O cantor parou a apresentação e xingou a equipe.

"O que deu aí? Como eu cantei as primeiras e não tinha essa porra de delay?", disparou ele. "O som estava do caralho, estava lindo. Quem foi o filho da pu** que estava mexendo aí? Vocês cagam no pau e depois... Quem foi?", reclamou.

Muito irritado, Leonardo disse que houve tempo o suficiente para a preparação da live

"São três dias que vocês estão montando esse trem. Puta que pariu. Quando o cara não bebe não tá com nada. O povo falou para eu não beber nessa live. Bonitos estão vocês que não bebem", ironizou o cantor.

'O Rei das Lives'

O talismã sertanejo, como Leonardo é chamado pelos fãs, foi surpreendido por depoimentos de jornalistas como Fabiola Reipert, Leo Dias e Ester Rocha. Ele recebeu vários elogios, entre eles o de "rei das lives".

"Esse negócio de rei... Rei é o Roberto Carlos. A gente é rei da cachaça. Hoje estou meio triste, mas prometo que vou melhorar", disse o cantor.

Durante a apresentação, entre uma música e outra, Leonardo trocou a bebida alcoolica por água.

"Hoje não vou beber mais, só na água", avisou ele, que cantou sucessos da carreira como "Eu Deixaria Tudo", "Cumade e Cumpade", "Eu Juro" e "Temporal de Amor".

'Boteco e puteiro'

Na reta final da transmissão, Leonardo pediu que as autoridades reabrissem os bares no Brasil, fechados há cerca de três meses por conta da pandemia de coronavírus.

"Gente, abre os botecos, p*ta que pariu. Abre não sei o quê, já abriu shopping, salão de beleza vai abrir semana que vem em São Paulo, restaurante... Os caras não querem abrir boteco, não querem abrir puteiro"

Na realidade, bares e restaurantes permanecem fechados em São Paulo, mas já têm data de reabertura: 6 de julho. Salões de belezapodem voltar a funcionar na mesma data.