PUBLICIDADE
Topo

Oscar 2021 é adiado para abril; indicações serão anunciadas em março

26.fev.2017 - Estatuetas do Oscar em Hollywood  - Christopher Polk / Getty Images
26.fev.2017 - Estatuetas do Oscar em Hollywood Imagem: Christopher Polk / Getty Images

Do UOL, em São Paulo

15/06/2020 15h35

Inicialmente prevista para o dia 28 de fevereiro do ano que vem, a cerimônia do Oscar 2021 foi transferida para o dia 25 de abril. O anúncio do adiamento foi feito hoje pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood nas redes sociais.

Com isso, o período de elegibilidade para os filmes que queiram se candidatar à 93ª edição da premiação será prorrogado até o dia 28 de fevereiro de 2021. A princípio, só poderiam se candidatar filmes lançados nos cinemas até dezembro de 2020. Já as indicações serão anunciadas em 15 de março.

Ainda no anúncio de hoje, a Academia disse que vai inaugurar seu museu, que estava programado para abrir ao público em 14 de dezembro de 2020, no dia 30 de abril de 2021.

"Há mais de um século, os filmes têm desempenhado um papel importante nos confortando, inspirando e entretendo nos momentos mais sombrios. Eles certamente têm este ano. Nossa esperança, ao estender o período de elegibilidade e a data de entrega dos prêmios, é fornecer a flexibilidade necessária para que os cineastas finalizem e lancem seus filmes sem serem penalizados por algo além do controle de qualquer pessoa", disseram o presidente da Academia, David Rubin, e o CEO da Academia, Dawn Hudson.

A pandemia do novo coronavírus foi a responsável por afetar inúmeras produções e fechar cinemas pelo mundo e, por isso, as datas foram alteradas.

Antes disso, outra mudança já havia sido feita para o próximo ano: poderão concorrer os filmes lançados digitalmente que já tiverem planejamento para uma estreia posterior nos cinemas.

Filmes e séries