PUBLICIDADE
Topo

Forças Armadas dos EUA podem perder registro de 'Space Force' para Netflix

Steve Carell em "Space Force" - Divulgação
Steve Carell em "Space Force" Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

08/06/2020 17h24

As Forças Armadas dos Estados Unidos e a Netflix travaram uma batalha pelo registro da marca "Space Force" em terras norte-americanas, e a gigante do streaming pode ser a grande vencedora, de acordo com o Hollywood Report.

A comédia que nasceu para ser uma paródia da nova força espacial do presidente Donald Trump, que planeja levar soldados para o espaço, fez sua estreia em maio e já tinha sua marca registrada na Europa, Austrália e México.

Nos EUA, o registro de uma marca segue no sistema do primeiro a fazer uso comercial financeiro da marca. A Netflix já faz operações com a "Space Force" desde janeiro de 2019. As Forças Armadas entraram apenas com um pedido de registro pendente nos EUA por intenção de uso.

De acordo com um porta-voz da Força Aérea dos Estados Unidos, ainda não houve embates pelo resultado entre as partes envolvidas no caso.

"Até o momento não tivemos conhecimento de nenhum conflito de marca registrada entre com o programa fictício da Netflix. Desejamos à Netflix e seus produtores o melhor em sua representação sua representação criativa do mais novo ramo militar do país."

A série estrelada por Steve Carell conta a história de Mark Naird, um general que tem a responsabilidade de preparar uma unidade armada e proteger a Lua até 2024.

Filmes e séries