PUBLICIDADE
Topo

Ian Anderson, do Jethro Tull, revela doença incurável nos pulmões

Ian Anderson, líder do Jethro Tull, revelou que sofre de DPOC há anos - Reprodução
Ian Anderson, líder do Jethro Tull, revelou que sofre de DPOC há anos Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

13/05/2020 22h58

O líder do Jethro Tull, Ian Anderson, revelou que há anos sofre de uma "doença incurável nos pulmões".

Em entrevista ao programa "The Big Interview", o flautista de 72 anos disse ser portador de DPOC (Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica), condição caracterizada pela obstrução da passagem do ar pelos pulmões.

"É difícil. Eu tenho o que chamam de períodos de exacerbação, quando tenho uma infecção que vira bronquite severa. Por duas ou três semanas, é muito difícil subir no palco e tocar", relatou o músico.

Ian Anderson afirma que não tem um período de exacerbação há um ano e meio. Ele faz o tratamento com medicamentos e evita áreas com poluição. "Ainda não está na fase em que afeta o meu dia-a-dia. Ainda consigo correr para pegar o ônibus".

A doença geralmente é causada por fatores externos, e ele culpa as máquinas de fumaça dos shows: "Eu passei 50 anos da minha vida no palco ao lado daquelas coisas malditas que chamo de máquinas de fumaça. Hoje, elas são educadamente chamadas de 'hazers', como se de alguma forma fossem inocentes e não causassem danos ao seus pulmões. Eu realmente acredito que isso é uma parte muito significativa do problema que eu tenho."