PUBLICIDADE
Topo

Twin Peaks: Há 30 anos, série de David Lynch revolucionava a TV

Imagem da série "Twin Peaks" - Divulgação
Imagem da série "Twin Peaks" Imagem: Divulgação

Leonardo Rodrigues

Do UOL, em São Paulo

08/04/2020 14h22

Atenção: este texto traz spoilers de "Twin Peaks". Se você ainda não viu e não quer saber o que acontece ou mesmo quem matou Laura Palmer, pare por aqui.

Uma das mais cultuadas produções do universo pop, a série "Twin Peaks" celebra hoje 30 anos de sua estreia nos Estados Unidos, defendendo um legado glorioso que a coloca com frequência em listas de melhores e mais influentes de todos os tempos. E, acredite, não há efeito hiperbólico aqui.

Por que é um clássico?

Criada pelo produtor Mark Frost e pelo cineasta David Lynch, exibida originalmente entre 1990 e 1991 na rede ABC, a série revolucionou a TV pelo formato original, que fugia de fórmulas consagradas, com uma narrativa que misturava drama, mistério e sobrenatural, distante do moralismo típico da década anterior. O visual deslumbrante e intrincado, muito próximo do cinema, também marcou época, ajudando a elevar o status das séries televisivas, antes vistas como uma arte "menor".

A Laura Palmer de "Twin Peaks" - Reprodução
A Laura Palmer de "Twin Peaks"
Imagem: Reprodução

Em que inovou?

Além do descrito acima, há outro motivo importante, que ajudou a fisgar muita audiência: o mistério. Afinal, quem matou Laura Palmer (Sheryl Lee), adolescente de 17 anos moradora da fria cidade ficcional de Twin Peaks, no estado de Washington? Essa pergunta ecoou pelo mundo, virou estratégia de marketing e rendeu um dos primeiros cases de spoiler nas séries modernas. Todos queriam saber.

Onde assistir?

Está disponível no Brasil apenas na Netflix e somente a terceira e última temporada, lançada em maio de 2017, no canal Showtime. São 18 episódios, que vão muito além da trama original.

Qual é a história?

A trama policial acompanha o detetive Dale Cooper (Kyle MacLachlan), do FBI, e o xerife local, Harry S. Truman (Michael Ontkean), que se unem para desvendar o mistério de Laura Palmer. Um acontecimento que parece envolver toda a comunidade de Twin Peaks e também uma realidade paralela, que mais tarde conheceríamos como Black Lodge.

Sobrenatural

Ele cerca Twin Peaks e é uma influência para séries como "Arquivo X" e "Lost". A cidade da história contava até com uma sociedade secreta criada para combater a assombração, que depois descobriríamos ter relação com o assassinato de Laura. Os integrantes, chamados de Bookhouse Boys, também eram vigilantes contra traficantes e desordeiros.

'Twin Peaks: Fire Walk with Me'

Com sucesso de crítica e audiência, a produção acabou ganhando um spin-off em 1992 chamado "Twin Peaks: Os Últimos Dias de Laura Palmer" (em português), filme que narra o o fim de semana anterior ao assassinato de Laura Palmer. Foi considerado confuso pela crítica e teve cenas extras reveladas em outro longa, "Twin Peaks: The Missing Pieces" (2014).

Pamela Gidley em cena em "Twin Peaks: Os Últimos Dias de Laura Palmer"  - Divulgação
Pamela Gidley em cena em "Twin Peaks: Os Últimos Dias de Laura Palmer"
Imagem: Divulgação

O original passou no Brasil?

Sim, na Globo, em 1991, após o "Fantástico". Na época, até Faustão fazia propaganda da série em seu programa, lançando a pergunta sobre Laura Palmer. A emissora foi criticada pela escolha do horário e por mutilar episódios, que em alguns casos ficavam confusos. Com audiência em baixa, a série não ganhou reprise e, em 1994, migrou para a Record.

Donna Hayward

Alguns personagens de "Twin Peaks" ficaram famosos e ganharam a simpatia do público, como a jovem Donna Hayward, a problemática melhor amiga de Laura que virou protagonista da trama ao tentar investigar a morte por conta própria. Foi interpretada pelas atrizes Lara Flynn Boyle, na série original, e Moira Kelly, no cinema.

A atriz Lara Flynn Boyle como Donna Hayward em "Twin Peaks" - Reprodução
A atriz Lara Flynn Boyle como Donna Hayward em "Twin Peaks"
Imagem: Reprodução

Quem é David Lynch?

Criador e diretor de Twin Peaks, é considerado um dos diretores mais originais do cinema americano dos últimos 40 anos, célebre pelo estilo onírico e surrealista, chamado de "lynchiano". Sua filmografia inclui "O Homem Elefante" (1980), "Blue Velvet" (1986) e "Império dos Sonhos" (2006).

David Lynch - Reprodução / Internet
David Lynch
Imagem: Reprodução / Internet

Afinal, quem matou Laura Palmer?

O serial Bob (Frank Silva), um espírito da Black Lodge, que chegou a estuprar Laura antes do assassinato usando a imagem do pai da jovem, que há anos era seu hospedeiro. Ela foi perseguida e morta por ele em uma linha de trem. O assassino envolveu o corpo dela em plástico e o jogou no rio, uma clássica cena da série.

Prenúncio da era dos spoilers

No Brasil, a revelação do assassino foi feita pela "Folha de S.Paulo", em reportagem publicada no dia 11 de abril de 1991. "Não leia o texto abaixo se você não quer saber o mistério da série 'Twin Peaks', que intrigou os Estados Unidos Unidos por cinco meses", anunciava o jornal no alto da página, o que para muitos serviu como prenúncio da "era dos spoilers de séries" em que vivemos.

Filmes e séries