PUBLICIDADE
Topo

'Tiger King' é mais vista que 2ª temporada de 'Stranger Things' nos EUA

Cena de "Tiger King" - Divulgação/Netflix
Cena de 'Tiger King' Imagem: Divulgação/Netflix

Do UOL, em São Paulo

08/04/2020 09h13

Resumo da notícia

  • 'Tiger King' foi vista por 34,3 milhões de americanos nos primeiros 10 dias
  • Índice é maior que o de 'Stranger Things 2', mas menor que o da terceira temporada
  • Divulgação boca a boca garantiu que número crescesse após estreia pouco promissora

A série documental "Tiger King" ("A Máfia dos Tigres"), da Netflix, foi mais vista em seus dez primeiros dias na plataforma do que a segunda temporada de "Stranger Things". Os números da Nielsen, que comportam apenas espectadores norte-americanos, apontam que 34,3 milhões de lares nos EUA sintonizaram a nova produção do serviço.

No mesmo período de dez dias, 31,2 milhões de americanos assistiram ao segundo ano de "Stranger Things". A série documental ainda perde para a terceira temporada da ficção científica, no entanto, que foi vista por 36,3 milhões em dez dias.

A Nielsen também mediu a audiência minuto-a-minuto, fazendo uma média de quantos usuários da Netflix estavam acessando "Tiger King" a cada momento — a resposta foi 19 milhões, novamente mais que "Stranger Things 2" (17,5 milhões) e menos que "Stranger Things 3" (20,5 milhões).

Outro dado curioso das estatísticas é que a divulgação boca a boca fez com que "Tiger King" crescesse muito sua audiência com o passar dos dias após a estreia. No primeiro dia, por exemplo, a série foi vista por "apenas" 741 mil usuários, número que pulou para 1 milhão no terceiro dia, e 2 milhões no sétimo.

Em sete episódios, a série documental expõe a história de Joe Exotic, ex-proprietário de um zoológico particular conhecido por seus felinos selvagens. A rivalidade entre ele e Carole Baskin, uma ativista dos direitos animais, é um dos destaques da trama.

Filmes e séries