PUBLICIDADE
Topo

'Game of Thrones' já acabou, mas o Twitter só quer saber de Tywin Lannister

Charles Dance, o Tywin Lannister de Game of Thrones - Divulgação/HBO
Charles Dance, o Tywin Lannister de Game of Thrones Imagem: Divulgação/HBO

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo

06/04/2020 16h48

Já vai fazer um ano desde que "Game of Thrones" chegou ao fim após uma controversa oitava temporada. Mas, nesta segunda, o Twitter só quer saber de um personagem que morreu na quarta temporada: Tywin Lannister.

O patriarca da família, vivido por Charles Dance, era pai de Cersei (Lena Headey), Jamie (Nikolaj Coster-Waldau) e Tyrion (Peter Dinklage) —e, também, um dos principais estrategistas dos Sete Reinos. Isso até morrer de uma maneira, digamos, inusitada: atingido por Tyrion, o filho que nunca amou, com uma flecha enquanto estava sentado no banheiro.

Mas foi uma outra cena que fez Tywin se tornar um dos assuntos mais comentados do dia: um sermão que ele dá em Joffrey (Jack Gleeson), seu neto, rei dos Sete Reinos e um dos personagens mais insuportáveis da série.

Na cena, exibida na terceira temporada, Joffrey grita com o avô dizendo que é o rei, mas toma uma bela bronca. "Qualquer homem que precise dizer 'Eu sou o rei' não é um verdadeiro rei", diz Tywin.

Alguns fãs relacionaram a frase às notícias de supostos atritos entre o presidente Jair Bolsonaro e seus ministros.

E teve gente até pegando a referência em um tuíte do youtuber Felipe Neto:

O que será que Tywin ia achar disso tudo?

Mas política à parte, a lembrança de Tywin foi até um gatilho para a saudade que muita gente sente da série...

... e que ficou traumatizado com o final.

E claro, teve quem aproveitasse para homenagear esse ícone que a gente amava odiar:

Saudades, Tywin! Saudades, "GoT"!