PUBLICIDADE
Topo

Morre Bob Andy, cantor de reggae do hit 'Young, Gifted and Black', aos 75

O cantor jamaicano Bob A ndy em foto promovendo show de 2011 - Reprodução/Facebook
O cantor jamaicano Bob A ndy em foto promovendo show de 2011 Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

27/03/2020 14h57

O jamaicano Bob Andy, que ficou conhecido pela versão reggae de "Young Gifted & Black", originalmente gravada por Nina Simone, morreu aos 75 anos. A notícia foi confirmada por Marcia Griffiths, sua parceira no duo Bob & Marcia, ao Jamaica Observer — ela não especificou a causa da morte, citando uma "doença rápida".

Bob & Marcia regravaram "Young, Gifted & Black" em 1970, alcançando a 5ª posição nas paradas de sucesso britânicas. No ano seguinte, o duo emplacou outro sucesso, "Pied Piper", na terra da rainha.

O jamaicano começou sua carreira com grupos como Binders e Paragons, antes de iniciar carreira solo nos anos 1960. Com a ajuda do produtor Coxsone Dodd, ele criaria clássicos do reggae como "I've Got to Go Back Home" e "Too Experienced".

Andy também escreveu canções de sucesso para outros ícones do gênero, como Gregory Isaacs, Ken Boothe e Delroy Wilson. A parceria com Marcia Griffiths durou até ela se juntar ao I Threes, o grupo de backing vocal de Bob Marley.

A partir dos anos 1970, Andy se afastou da música por problemas de saúde, incluindo enxaquecas frequentes. Como ator, chegou a aparecer em "O Poderoso Quinn", filme de 1989 estrelado por Denzel Washington.

Mais recentemente, ele voltou a gravar e foi homenageado pelo governo jamaicano, ganhando a prestigiosa Order of Distinction em 2006.

Música