PUBLICIDADE
Topo

Lollapalooza é adiado para dezembro para evitar propagação do coronavírus

Dimitri Vegas & Like Mike se apresentam no terceiro dia de shows do Lollapalooza Brasil 2019 - Mariana Pekin/UOL
Dimitri Vegas & Like Mike se apresentam no terceiro dia de shows do Lollapalooza Brasil 2019 Imagem: Mariana Pekin/UOL

Do UOL, em São Paulo

13/03/2020 17h34

O Lollapalooza informou na tarde de hoje que será adiado para dezembro. O festival deveria acontecer em abril, mas foi transferido para o final do ano para evitar aglomerações em meio à pandemia de coronavírus.

"Seguindo as medidas preventivas recomendadas pelo Ministério da Saúde, o Lollapalooza Brasil será realizado de 4 a 6 de dezembro de 2020", informou o festival, no Instagram.

A organização informa que os headliners Guns'N'Roses, The Strokes e Travis Scott estarão presentes na nova data.

Outros artistas que participariam do festival no mês que vem, como Lana Del Rey e Gwen Stefani, no entanto, ainda não estão confirmados na nova data. "Iremos fornecer uma atualização sobre o line-up completo o mais rápido possível", informou o comunicado.

Entre atrações brasileiras, estavam previstos para se apresentar nos três dias de Lollapalooza Pabllo Vittar, Emicida, Djonga, Silva, Rashid, Fresno, entre outros. Nenhum deles está confirmado em dezembro.

No site da versão brasileira do festival, o line-up original, divulgado em outubro de 2019, não está mais disponível.

O festival também não deu detalhes sobre a política de reembolsos, mas disse que "todos os ingressos comprados para as datas originais serão válidos nas datas remarcadas".

O Lollapalooza Argentina, que aconteceria entre 27 e 29 de março, também foi adiado para o segundo semestre, mas ainda não tem novas datas confirmadas.

Lollapalooza