PUBLICIDADE
Topo

Morre Keith Olsen, produtor de álbuns clássicos de Fleetwood Mac e Ozzy

Keith Olsen com Ozzy Osbourne durante a gravação do disco "No Rest for the Wicked" (1988) - Reprodução/Twitter
Keith Olsen com Ozzy Osbourne durante a gravação do disco 'No Rest for the Wicked' (1988) Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

10/03/2020 08h43

Keith Olsen, um dos produtores de rock mais conceituados dos EUA, morreu. A banda Scorpions foi uma das primeiras a noticiar a morte do músico, através de seu Twitter oficial — a idade de Olsen e a causa da morte não foram especificadas.

No post, os integrantes do Scorpions definiram o produtor como "um querido amigo" e "um cara maravilhoso". Olsen trabalhou com a banda em "Crazy World", álbum de 1990 que rendeu o hit "Wind of Change".

O produtor ganhou notoriedade por seu papel fundamental na carreira do Fleetwood Mac. Ele conheceu a dupla Lindsey Buckingham e Stevie Nicks no começo dos anos 1970, e chegou a abrigá-los em sua casa, pagando a cantora por serviços de governanta.

Em 1975, Olsen produziu o disco homônimo do Fleetwood Mac, que lançou a carreira do grupo e rendeu o hit "Rhiannon". Com o sucesso, foi chamado para colaborar com nomes como Grateful Dead (no disco "Terrapin Station") e Rick Springfield (produzindo "Jessie's Girl").

Para Ozzy Osbourne, Olsen produziu "No Rest For the Wicked", álbum solo de 1988. Ele também se envolveu com várias trilhas sonoras para o cinema, incluindo as de "Tron" (1982), "Flashdance" (1983), "Footloose: Ritmo Quente" (1984) e "Top Gun: Ases Indomáveis" (1986).

Rock