PUBLICIDADE
Topo

Kumail Nanjiani recusou a Marvel antes de Eternos: 'Queria ser super-herói'

Do UOL, em São Paulo

10/03/2020 14h49

Kumail Nanjiani não queria um papel em um filme de super-herói — ele queria ser um super-herói. Em nova entrevista à Men's Health, o Kingo de "Os Eternos", que chega aos cinemas em novembro deste ano, confessou que já recusou outros papéis na Marvel.

"Era um sonho meu [se juntar ao MCU]", disse. "Mas eu fui muito estratégico sobre isso. Eu recusei papéis coadjuvantes, porque achei que isso tiraria minhas chances de interpretar um personagem maior um dia. Eu não queria ser o parceiro do herói que ama tecnologia".

Após perder um papel na série "Agents of SHIELD" (Nanjiani confessou que isso o deixou "devastado") anos antes de conseguir fama com a série de comédia "Silicon Valley", a chance de ser um super-herói finalmente chegou com "Os Eternos".

No longa, ele vive Kinko, parte de um grupo de seres imortais que vive secretamente na Terra. Vaidoso e arrogante, o personagem de Nanjiani se disfarça por aqui como um astro de filmes de ação de Bollywood.

Para Nanjiani, foi fácil escolher a inspiração perfeita para o papel: Bruce Willis em "Duro de Matar". "Aquele filme é vida ou morte, e 'Os Eternos' é vida ou morte", explicou ele.

"Eu pensei: 'Como posso fazer um personagem que seja engraçado, mas ainda mantenha a tensão?'. Eu não queria que parecesse que eu estava tirando sarro da situação toda", comentou ainda.

Na matéria para a Men's Health, Nanjiani recriou algumas de suas cenas favoritas do cinema de ação — incluindo aquela em que John McClane (Willis) rasteja por um duto de ventilação em "Duro de Matar".

Momentos clássicos de "Top Gun", "Wolverine: Imortal" e "Psicopata Americano" também tiveram vez. Confira: