PUBLICIDADE
Topo

Jason Momoa vira Ozzy Osbourne em clipe; veja os bastidores

Jason Momoa em clipe de Ozzy Osbourne - Reprodução/YouTube
Jason Momoa em clipe de Ozzy Osbourne Imagem: Reprodução/YouTube

Do UOL, em São Paulo

27/02/2020 14h20

Jason Momoa está vivendo o sonho de muitos fãs: ele virou Ozzy Osbourne por um dia - imortalizado em um videoclipe da lenda do heavy metal. O ator de "Aquaman" é o protagonista do clipe "Scary Little Green Men", em que se veste como o ex-vocalista do Black Sabbath.

A faixa faz parte de "Ordinary Man", novo álbum de Ozzy, lançado na última sexta-feira (21). Além da celebridade no clipe, o disco conta com estrelas da música como Slash, Elton John e Post Malone.

Os bastidores mostram Momoa de unhas pintadas de preto no camarim: "Bem rock 'n roll, né?". Morcegos, caveiras e outros detalhes sombrios do cenário são exibidos, além das jóias usadas pelo ator, que ele define como "bem Ozzy", com muitas caveiras e símbolos obscuros.

"Esse foi o primeiro clipe que filmei na carreira. Quero agradecer à minha equipe. Estou muito honrado e animado por tudo isso com Ozzy e Sharon", agradeceu Momoa. "Sou abençoado. Nunca pensei que um dos meus deuses, do Black Sabbath, me daria a chance de fazer um clipe dele. Eu só disse: 'Hell, yes!' [Inferno, sim]."

Ainda não foi divulgada a data de lançamento do clipe na íntegra, mas ele já ganhou um teaser. Momoa surge andando em um corredor, com capa e capuz, até se revelar e começar a dublar a música.

"Nós queríamos fazer um vídeo com Ozzy, mas ter Jason nele, canalizando o espírito de Ozzy. Então, críamos um set com a cara dele, com referências a outros vídeos, para que as pessoas pensem que é Ozzy, e claro que não é", explicou o diretor, Marc Klasfeld. "Jason é um grande metaleiro."

Jason Momoa realmente é um fã de metal. Ele já foi visto em shows como o do Guns N' Roses, em que foi chamado para assistir ao lado do palco, compareceu à despedida do Slayer e até já cantou com Phil Anselmo, do Pantera.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que foi publicado em uma versão anterior deste texto, Phil Anselmo era vocalista do Pantera, e não do Slayer. A informação foi corrigida.