PUBLICIDADE
Topo

Julie Walters, de Harry Potter e Mamma Mia, diz que teve câncer colorretal

Julie Walters em cena de "Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 2" (2011) - Divulgação
Julie Walters em cena de "Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 2" (2011) Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

20/02/2020 11h37

Resumo da notícia

  • Julie Walters revelou que foi diagnosticada com câncer colorretal em 2018
  • Atriz de 'Harry Potter' e 'Mamma Mia!' disse que está livre da doença hoje em dia
  • Momento do diagnóstico foi 'aterrorizante', definiu britânica de 69 anos
  • 'Eu nunca vou esquecer do rosto do meu marido, os olhos se enchendo de lágrimas'

Julie Walters, a atriz britânica mais conhecida por papéis em "Harry Potter" (como a Sra. Weasley, mãe de Rony) e "Mamma Mia!" (como Rosie, uma das amigas de Donna), revelou em entrevista à BBC que foi diagnosticada com câncer colorretal em 2018.

Walters, de 69 anos de idade, disse que hoje está livre da doença, mas que o momento do diagnóstico foi "aterrorizante". "Eu não consegui acreditar. Fiquei pensando: 'Isso é ridículo, eles cometeram algum erro'", contou.

"Quando saí do consultório, tive que contar para o meu marido", disse a atriz, que é casada com Grant Roffey desde 1997. "Eu nunca vou esquecer do rosto dele, os olhos se enchendo de lágrimas. Fiquei mais preocupada com ele do que comigo".

A atriz elogiou seus médicos pela atitude positiva que passaram para ela. "Eles me disseram: 'Podemos consertar isso'", disse, esclarecendo que passou por cirurgia e sessões de quimioterapia.

"Atualmente, eu estou me sentindo muito bem. Eu acabei de fazer um exame para confirmar que estou totalmente livre do câncer", garantiu.

O susto, no entanto, pode levar Walters a aparecer menos frequentemente nas telas. "Eu tive que sair dessa montanha-russa de trabalhar o tempo todo. Tinha me comprometido com duas séries e dois filmes, mas acabei não fazendo nada disso. E foi um alívio", confessou.

A britânica descartou uma aposentadoria completa, mas explicou: "Eu certamente acho que nunca mais trabalharei seis dias por semana, das cinco da manhã às sete da noite".

Além de atuar em "Harry Potter" e "Mamma Mia!", Walters foi indicada ao Oscar duas vezes: como melhor atriz por "O Despertar de Rita" (1983) e como melhor atriz coadjuvante por "Billy Elliot" (2000).

Filmes e séries