PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento


Roberto Carlos elogia Paulo Guedes após frase polêmica: "Cachoeiro é linda"

Roberto Carlos na coletiva de imprensa do cruzeiro Emoções em Alto Mar 2020 - Divulgação/ Filipi Dahrlan
Roberto Carlos na coletiva de imprensa do cruzeiro Emoções em Alto Mar 2020 Imagem: Divulgação/ Filipi Dahrlan

Rafael Godinho

Do UOL, no Rio

17/02/2020 19h12

Resumo da notícia

  • Ministro da Economia, Paulo Guedes, incentivou a população a ir visitar Cachoeiro do Itapemirim (ES)
  • Roberto Carlos gostou da indicação do político e listou belezas de sua cidade natal
  • O cantor elogiou o presidente Jair Bolsonaro e disse que ele está tendo dificuldades de cumprir suas metas pelas pessoas que estão com ele
  • Roberto elege Paulo Guedes e Sérgio Moro como os melhores ministros do atual governo

Roberto Carlos gostou de saber que o ministro da Economia, Paulo Guedes, indicou a sua cidade natal, Cachoeiro do Itapemirim, no Espírito Santo, como destino turístico. Ao ser questionado sobre o que ele achava da declaração polêmica do economista, o cantor elogiou o político, na noite deste domingo (16), na coletiva de imprensa do seu cruzeiro Emoções em Alto Mar, em Búzios (RJ).

"É bom até para a economia da cidade, né?! Cachoeiro é linda, entre montanhas, tem um rio que atravessa a cidade toda. Tem algo especial lá. É uma cidade muito simples, mas muito atraente", justifica o artista, sem comentar o fato de Guedes ter declarado que a alta do dólar acabava com a "festa danada" de todo mundo indo para Disney, incluindo empregadas domésticas.

Na última semana, em Brasília (DF), Guedes dividiu opiniões ao dizer: "Não tem negócio de câmbio a R$ 1,80. Vamos importar menos, fazer substituição de importações, turismo. [Era] todo mundo indo para a Disneylândia, empregada doméstica indo para a Disneylândia, uma festa danada. Espera aí, vai passear em Foz do Iguaçu, vai passear no Nordeste, está cheio de praia bonita, vai para Cachoeiro do Itapemirim conhecer onde Roberto Carlos nasceu".

Roberto também enalteceu o governo do presidente Jair Bolsonaro, revelando que seus ministros favoritos são Guedes e Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública), arrancando aplausos e gritos eufóricos da plateia, que assistia à coletiva no teatro do MSC Fantasia.

Roberto Carlos defendeu o governo do presidente Jair Bolsonaro  - Divulgação/ Filipi Dahrlan
Roberto Carlos defendeu o governo do presidente Jair Bolsonaro
Imagem: Divulgação/ Filipi Dahrlan
"Bolsonaro é muito bem-intencionado, mas ele tem tido muitas dificuldades com quase todos que estão a volta dele. O Moro e o Guedes estão sempre colaborando. Ele está tendo muita dificuldade em realizar o que propôs. Eu torço para o Brasil, então torço para que ele faça o que pretende fazer e que disse que ia fazer", defende.

O cantor acredita que Regina Duarte exercerá um bom trabalho à frente da Secretaria Especial de Cultura. Para ele, a atriz fez uma boa escolha ao aceitar o convite de Bolsonaro, após o ex-secretário especial da Cultura do Ministério da Cidadania, Roberto Alvim, ser exonerado, ao citar trechos do ideólogo nazista Joseph Goebbels em um pronunciamento.

"Eu acho que Regina Duarte é maravilhosa e sou fã dela desde sempre. Por tudo o que ela tem feito na carreira, com talento e honestidade, acho que ela fará um bom papel. Dou total apoio a ela", manifesta Roberto, que deixou claro não ter nenhum interesse de entrar para política. "Não aceitaria um cargo desse porque preciso compor e cantar", conclui.

Susto com Gloria Maria

Amigo de longa data da jornalista Gloria Maria, o artista também comentou sobre o susto que a jornalista passou ao descobrir o tumor no cérebro, fazendo com que ela passasse por uma cirurgia de emergência.

"Quando fiquei sabendo, liguei logo para falar com ela na hora. Logo assim que ela saiu da anestesia da cirurgia, ela falou comigo. Eu amo a Glória. Ela é uma pessoa muito querida, minha grande amiga. Ela está bem agora", comemora.

Fã de novelas e BBB

Fã assíduo da TV aberta, Roberto não esconde de ninguém que acompanha as novelas da Globo e até o Big Brother Brasil, mas garante estar por fora das polêmicas sobre as acusações de assédio no reality show.

"Estou assistindo algumas coisas, sim. Mas não vejo todos os dias porque tenho trabalhado muito. Não acompanhando, fica meio difícil opinar. Mas que vença o melhor", deseja.

Entretenimento