PUBLICIDADE
Topo

Baterista volta ao Aerosmith após ser barrado na porta de ensaio; assista

Joe Perry, Steven Tyler, Joey Kramer, Brad Whitford e Tom Hamilton, do Aerosmith, na festa dos 50 anos da banda - Kevin Mazur/Getty Images for The Recording Academy
Joe Perry, Steven Tyler, Joey Kramer, Brad Whitford e Tom Hamilton, do Aerosmith, na festa dos 50 anos da banda Imagem: Kevin Mazur/Getty Images for The Recording Academy

Do UOL, em São Paulo

12/02/2020 10h02

Joey Kramer voltou a tocar com o Aerosmith, após uma confusão de bastidores que o fez ser barrado até da porta de um ensaio do grupo de rock. A disputa foi até para a justiça, mas parece que as partes fizeram as pazes, como se vê nos vídeos de um show de anteontem dos veteranos, em Las Vegas (EUA).

A treta toda aconteceu quando Kramer foi impedido de tocar no Grammy Awards. Um dos membros fundadores do seminal grupo de hard rock, o baterista havia processado o Aerosmith por quebra de contrato, por tirá-lo da banda após uma lesão.

Na noite de segunda-feira, o quinteto voltou em sua formação mais conhecida: além de Kramer com as baquetas, Steven Tyler na voz, Joe Perry e Tom Hamilton nas guitarras e Brad Whitford no baixo.

O caso

No começo de 2019, Kramer precisou se afastar do grupo depois de sofrer algumas lesões. Em outubro, os outros membros teriam o obrigado a realizar testes para determinar se estaria no "nível apropriado" para voltar, segundo consta na ação, de acordo com informações obtidas pela revista Rolling Stone dos EUA.

O baterista, que é um dos membros originais do grupo, diz que outros integrantes também já tiveram que se afastar ao longo dos 50 anos de carreira e nunca foram submetidos a tais testes.

Assim, Kramer ficou fora de eventos importantes da banda, como a apresentação no Grammy e do prêmio MusiCares, o que o deixou decepcionado.

"Não se trata de dinheiro. Estou sendo privado da oportunidade de ser reconhecido junto com meus colegas por nossas contribuições coletivas ao longo da vida para a indústria da música. Nem o Prêmio Pessoa do Ano do MusiCares nem as honras de conquistas ao longo da vida do Grammy podem ser repetidos", alegou o músico, de acordo com a revista.

Kramer chegou a ir ao MusicCares, mas deixou o evento antes da apresentação.

Rock