PUBLICIDADE
Topo

Oscar


Com "Coringa", DC supera Marvel em número de Oscars

Joaquin Phoenix em cena de "Coringa" - Divulgação
Joaquin Phoenix em cena de 'Coringa' Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

10/02/2020 00h44Atualizada em 10/02/2020 14h28

A disputa se acirra ano a ano. Graças a "Coringa", a DC Comics superou a Marvel em número de Oscars. A quantidade se refere não só aos filmes da atual cronologia das editoras, mas a todo e qualquer longa inspirado nos personagens dos quadrinhos. Com os prêmios de melhor ator, para Joaquin Phoenix, e melhor trilha sonora original dado ao longa de Todd Phillips, a DC soma oito estatuetas douradas, enquanto a Marvel tem sete —já que "Vingadores: Ultimato" não ganhou o prêmio de melhores efeitos visuais, dado a "1917".

Joaquin Phoenix foi o segundo ator a ganhar o Oscar pela interpretação do vilão do Batman. Antes dele, Heath Ledger levou uma estatueta póstuma, de coadjuvante, por sua atuação em "Batman: O Cavaleiro das Trevas", de 2008, que também ganhou na categoria edição de som.

Antes de "Coringa", a DC faturou Oscar com "Superman: O Filme" (melhores efeitos visuais), "Batman" (melhor direção de arte), "Estrada Para a Perdição" (melhor fotografia) e "Esquadrão Suicida" (melhor maquiagem).

Só no ano passado, a Marvel faturou quatro Oscars. "Pantera Negra" levou melhor figurino, melhor direção de arte e melhor trilha sonora, e "Homem-Aranha no Aranhaverso" foi eleito melhor animação.

As vitórias anteriores da editora foram com "MIB: Homens de Preto" (melhor maquiagem), "Homem-Aranha 2" (melhores efeitos visuais) e "Operação Big Hero" (melhor animação).

Oscar