PUBLICIDADE
Topo

Baterista do Aerosmith perde processo e não vai retornar à banda

Joey Kramer, baterista do Aerosmith, durante apresentação em fevereiro de 2019 - Tommaso Boddi/Getty Images for Janie"s Fund
Joey Kramer, baterista do Aerosmith, durante apresentação em fevereiro de 2019 Imagem: Tommaso Boddi/Getty Images for Janie's Fund

Do UOL, em São Paulo

23/01/2020 08h22

Resumo da notícia

  • Joey Kramer não poderá retornar ao Aerosmith para apresentação no Grammy
  • Baterista havia processado a banda por suposta expulsão após intervalo para se recuperar de lesões
  • Juiz decidiu que não havia tempo para a banda ensaiar com Kramer
  • "Extremamente desapontado", disse o baterista em comunicado oficial

Um juiz determinou que o baterista Joey Kramer não poderá retornar à formação do Aerosmith para a apresentação no Grammy, no próximo domingo. A informação é da Associated Press.

Na última terça-feira, veio a público um processo de Kramer contra a própria banda, alegando que ele foi expulso injustamente da formação após fazer um rápido intervalo para se recuperar de lesões.

"Visto que Kramer não toca na banda há seis meses, e resta pouco tempo de ensaio até as próximas performances, ele não ofereceu uma alternativa realista para o seu retorno à formação", decidiu o juiz Mark Gildea.

Em um comunicado oficial, Kramer se disse "extremamente decepcionado". "Eu sabia que não seria fácil vencer este processo", admitiu. "Posso manter minha cabeça em pé sabendo que fiz o que era certo, lutando pelo meu direito de celebrar o sucesso da nossa banda".

Kramer, de 69 anos, é um dos membros fundadores do Aerosmith, que completa 50 anos de carreira em 2020. O último disco lançado pela banda foi Music from Another Dimension!, de 2012.

Rock