PUBLICIDADE
Topo

"James Bond pode ser de qualquer cor, mas é um homem", diz produtora de 007

Daniel Craig em 007: Sem Tempo Para Morrer - Divulgação
Daniel Craig em 007: Sem Tempo Para Morrer Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

16/01/2020 09h27

Resumo da notícia

  • Produtora de 007 diz que personagem nunca será vivido por mulher
  • "James Bond pode ser de qualquer cor, mas ele é um homem", comentou

A chefe da franquia 007 cravou: James Bond nunca será interpretado por uma mulher. Barbara Broccoli comanda a Eon Pictures ao lado de Michael Wilson, e disse à Variety que as concessões da franquia à diversidade têm um limite.

"Ele [Bond] pode ser de qualquer cor, mas é um homem", comentou. "Eu acredito que deveríamos criar novos personagens para mulheres —personagens femininas fortes", completou, em referência à objetificação às Bond Girls desde o início da franquia nos cinemas, em 1962.

"Não estou particularmente interessada em pegar um personagem masculino e colocar uma mulher para interpretá-lo. Eu acho que as mulheres são muito mais interessantes do que isso", completou.

O próximo filme de Bond, intitulado 007: Sem Tempo Para Morrer, chega aos cinemas em 9 de abril. É o último de Daniel Craig no papel do espião, mesmo que Broccoli esteja "em estado de negação" sobre a saída do ator.

"Eu aceitei o que o Daniel disse, mas não quero pensar nisso. É traumático demais para mim", brincou ela. "No entanto, eu sei que [no novo filme] chegamos a uma conclusão emocionalmente satisfatória para o James Bond dele".

Muito se especula sobre o substituto de Craig na franquia, e o nome de Idris Elba é sempre um dos mais falados.