PUBLICIDADE
Topo

PSDB ironiza indicação de documentário brasileiro ao Oscar

Pôster de Democracia em Vertigem - Divulgação
Pôster de Democracia em Vertigem Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

13/01/2020 13h12

O PSDB, por meio de seu perfil oficial de Twitter, ironizou a indicação de Democracia em Vertigem para o prêmio de melhor documentário no Oscar 2020. O partido parabenizou a diretora Petra Costa com a criação de uma categoria que não existe na premiação.

"Parabéns à diretora Petra Costa pela indicação de melhor ficção e fantasia por Democracia em Vertigem", escreveu o partido no Twitter.

Mais tarde, a conta oficial do partido no Facebook compartilhou uma matéria da editoria do UOL sobre o aumento do desemprego em 2015, ano anterior ao impeachment, para "sugerir" o título do próximo filme de Petra.

"Sugestão para a continuação de Petra: Economia em Vertigem", escreveu o partido.

Em Democracia em Vertigem, Costa faz um retrato do processo que tirou Dilma da presidência do Brasil, em 2016, a partir de um ponto de vista pessoal, misturando sua história familiar com a trajetória política do país. A história começa a ser contada a partir do primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2003, e segue analisando a posterior crise política no Brasil.

O papel do PSDB é considerado chave no processo de impeachment, com o partido unificando o discurso a favor do impedimento de Dilma Rousseff em dezembro de 2015. O processo foi concluído com o afastamento da presidente em agosto de 2016.