PUBLICIDADE
Topo

Estamos extasiados, diz brasileira indicada ao Oscar por documentário

Petra Costa durante as filmagens do documentário Democracia em Vertigem - Diego Bresani/Divulgação
Petra Costa durante as filmagens do documentário Democracia em Vertigem Imagem: Diego Bresani/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

13/01/2020 13h54

A diretora Petra Costa publicou, em seu perfil de Instagram, uma mensagem na qual diz estar extasiada pela indicação de Democracia em Vertigem ao prêmio de Melhor Documentário no Oscar 2020.

Petra destacou a urgência do filme, que tem como tema condutor o processo de impeachment contra Dilma Rousseff, e disse que, assim como seus colegas, está emocionada com o reconhecimento.

"Estamos absolutamente emocionados e extasiados por nossos colegas terem reconhecido a urgência deste filme, e honrados por estarmos na companhia de documentários tão importantes. Numa época em que a extrema direita está se espalhando como uma epidemia, esperamos que esse filme possa nos ajudar a entender como é crucial proteger nossas democracias", escreveu.

"Está se tornando cada vez mais evidente o quanto o pessoal é político para tantos ao redor do mundo, e acredito que é por meio de histórias, linguagem e documentários que as civilizações começam a se curar. Gracias a todos que nos ajudaram, a cada passo, a construir essa história", completou.

Em Democracia em Vertigem, Costa faz um retrato do processo que tirou Dilma da presidência do Brasil, em 2016, a partir de um ponto de vista pessoal, misturando sua história familiar com a trajetória política do país. A história começa a ser contada a partir do primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2003, e segue analisando a posterior crise política no Brasil.