PUBLICIDADE
Topo

Star Wars


Star Wars: A Ascensão Skywalker é o pior da nova trilogia, dizem críticas

Cena de Star Wars: A Ascensão de Skywalker - Divulgação
Cena de Star Wars: A Ascensão de Skywalker
Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

18/12/2019 08h23

Resumo da notícia

  • As reações da crítica norte-americana a Star Wars: A Ascensão Skywalker foram liberadas
  • Com 53% de aprovação no site Rotten Tomatoes, o filme é considerado o pior da nova trilogia
  • "A Ascensão Skywalker não é um final, uma sequência ou um reboot. É um zumbi", disse uma crítica

As reações da crítica norte-americana a Star Wars: A Ascensão Skywalker foram liberadas hoje, e o prognóstico não é favorável para o filme dirigido por J.J. Abrams, que ficou com a missão de encerrar a nova trilogia — e a saga completa iniciada em 1977 por George Lucas.

Com estreia marcada no Brasil para amanhã, A Ascensão Skywalker ficou com a pior média da trilogia no Rotten Tomatoes, site agregador de críticas. O longa marca 53% de aprovação, número que ainda pode mudar com o lançamento de novas críticas.

Para efeitos de comparação, Star Wars: O Despertar da Força tem 93% de aprovação no site, enquanto Star Wars: Os Últimos Jedi foi elogiado por 91% dos críticos. Os únicos filmes da saga com nota similar a de A Ascensão Skywalker são Star Wars: Episódio I - A Ameaça Fantasma (53%) e a animação Star Wars: A Guerra dos Clones (18%).

Confira alguns trechos das críticas a A Ascensão Skywalker:

  • Los Angeles Times: "O problema não é só a sucessão de reviravoltas baratas que ameaçam mudar o que pensamos sobre os personagens, mas depois voltam atrás, píntando um retrato otimista da realidade. O problema não é só o quanto eles deixaram Rose Tico (Kelly Marie Tran) de lado após os ataques racistas contra ela em Os Últimos Jedi. O problema não é só a cena muito rápida em que aparecem duas mulheres de beijando -- uma migalha para os fãs que esperavam que a química entre Poe e Finn seria algo além de uma amizade. O problema é que todas essas escolhas nos revelam as sensibilidades conflitantes que moldaram este filme, e moldarão a saga Star Wars a partir dele"
  • BBC: "Assim como os filmes anteriores da nova trilogia, este A Ascensão Skywalker caminha por território familiar ao repetir O Retorno de Jedi. O problema é que O Retorno de Jedi era uma conclusão perfeita para a saga Star Wars, finalizando tudo o que precisava ser finalizado. Tudo o que este novo filme faz é repetir esse feito, respondendo às mesmas perguntas e revisitando os mesmos temas. É algo tão constrangedor quanto aquele momento em que você topa com um velho amigo por acidente, logo depois de ter se despedido dele".
  • CNN: "Recrutado para finalizar a história que começou, Abrams obviamente não tentou reinventar nada. Mas o senso forte de nostalgia que permeia o filme parece especialmente apropriado no contexto da finalização de uma narrativa que passou décadas sendo contada".
  • Time Out: "A Ascensão Skywalker marca o retorno de uma penosa aridez, do tipo que o próprio George Lucas imprimiu em sua segunda trilogia. É um filme cheio de tramas circulares, intrigas imperiais e heroísmo barato. [Em comparação a Os Últimos Jedi], é como um recuo enorme, e só os fãs mais leais vão se agradar com isso".
  • The Wrap: "Como uma máquina bem azeitada, Star Wars: A Ascensão Skywalker traz a trilogia de trilogias para a sua conclusão com precisão, entregando momentos de grandiosidade e traição com eficácia brutal. Para muitos públicos -- os devotos de Star Wars entre eles -- a devoção do diretor J.J. Abrams em entregar exatamente o que eles esperam será o bastante".
  • Entertainment Weekly: "Sempre houve um pouco de cinismo nos filmes de J.J. Abrams para as sagas Star [Trek e Wars], que injetam adrenalina na cultura pop de sua juventude e evitam qualquer material original ou imaginativo. Agora, ele está procurando por coisas que ainda não conseguiu replicar -- uma montagem de A Ascensão Skywalker imita aquela incluída em O Retorno de Jedi em sua edição especial de 1997. Precisamos de um novo nome para este hábito de transformar uma grande franquia em um conglomerado sem vida. A Ascensão Skywalker não é um final, uma sequência ou um reboot. É um zumbi".

Star Wars