PUBLICIDADE
Topo

Filmes e séries


Após prisão, Felicity Huffman ajuda instituição de apoio a ex-presidiárias

A atriz Felicity Huffman e o marido, o ator William H. Macy, chegam a tribunal - REUTERS/Katherine Taylor
A atriz Felicity Huffman e o marido, o ator William H. Macy, chegam a tribunal Imagem: REUTERS/Katherine Taylor

Colaboração para o UOL

06/12/2019 19h14

Felicity Huffman ficou presa por 11 dias depois de se considerar culpada e ser condenada pela justiça americana por corrupção - ela pagou ao consultor de admissões Rick Singer a quantia de US$ 15 mil para facilitar a entrada de sua filha na faculdade.

Ela foi libertada no dia 25 de outubro, antes de cumprir a pena total de 14 dias. Desde então, ela tem ajudado uma instituição que facilita a reinserção de ex-presidiárias na sociedade, chamada A New Way of Life.

O trabalho de Huffman na instituição faz parte da pena recebida por ela, que é de 250 horas de serviço comunitário. Em entrevista para a revista People, a fundadora da organização, Susan Burton, disse que a atriz começou a dar expediente por lá no mesmo dia em que foi libertada.

"Felicity é uma pessoa genuinamente carinhosa e realista e ela tem sido muito prestativa e solidária com as mulheres daqui", afirmou Susan.

Entre suas atribuições, está ajudar o grupo de mulheres a se preparar para um baile de gala. "Ela também está cozinhando para as mulheres, limpando as casas, fazendo compras e atendendo o telefone", continuou a fundadora.

Para ela, a prisão acabou ajudando Felicity - uma das artistas mais glamourosas de Hollywood - a se colocar na situação das mulheres que agora ela ajuda em A New Way of Life, entendendo como é complicada a volta dessas pessoas ao convívio da sociedade após o período na cadeia.

"Ela se conectou com elas de uma maneira real e você pode sentir isso. Acho que é porque elas sabem que ela experimentou, em pequena escala, o que elas passaram por serem encarceradas", pontuou Susan.

Filmes e séries