Topo

Filmes e séries


Brad Pitt vê "morte da experiência cinematográfica", mas defende Netflix

Brad Pitt discute prós e contras do crescimento streaming em debate promovido pela revista Variety - Reprodução/Variety
Brad Pitt discute prós e contras do crescimento streaming em debate promovido pela revista Variety Imagem: Reprodução/Variety

Do UOL

12/11/2019 14h03

Adam Sandler e Brad Pitt foram algumas das primeiras estrelas consagradas de Hollywood que migraram para produções da Netflix, quando a plataforma ainda estava começando a crescer. Em entrevista à revista Variety, a dupla discute os prós e contras da chegada do streaming, que vê com bons olhos.

Brad Pitt disse que não é contrário à transmissão de filmes diretamente em casa, sem passar pelo cinema, e que "é a favor da mudança". Por outro lado, lamenta o fim da "experiência cinematográfica".

"Sou a favor da mudança, vejo material realmente interessante sendo produzido... No entanto, as pessoas lamentam a morte da experiência cinematográfica", afirma. "Como a experiência em casa ficou tão boa?".

Adam Sandler seguiu na mesma linha: apesar de discordar e afirmar que a vontade de ir ao cinema continua viva no público, o ator de Mistério no Mediterrâneo acredita que a produção tão numerosa de filmes e séries das plataformas de streaming pode tornar as obras "descartáveis".

Reprodução/Variety
Imagem: Reprodução/Variety

"A vantagem dos filmes através do streaming é que muitos têm mais audiência; as pessoas realmente os assistem. Mas a desvantagem é que há tanto material que eles podem se tornar descartáveis", disse Adam Sandler.

Em 2014, Sandler assinou um contrato para uma série de produções em parceria com a Netflix, entre elas Mistério no Mediterrâneo (que teve sequência confirmado), Lá Vem Os Pais e um stand-up especial de Natal. Pitt chegou à plataforma em 2017, no filme Máquina de Guerra.

Quando Pitt comenta que o colega foi um dos primeiros a ir à Netflix e "cruzar a linha de piquete", o ator lembra que quando estreou na plataforma em 2014 não tinha ideia da importância da migração.

"Eu nem sabia o que estava fazendo. Eles [a Netflix] estavam interessados em trabalhar juntos, estavam apaixonados e ofereciam oportunidades para muitos tipos diferentes de comédias", elogiou.

Filmes e séries