Topo

Star Wars


Nova trilogia de Star Wars pretendia focar em origem dos Jedi

Mark Hamill em "Star Wars: Os Últimos Jedi" - Reprodução
Mark Hamill em "Star Wars: Os Últimos Jedi" Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

31/10/2019 15h40

A nova trilogia da saga Star Wars, anunciada em 2017 pela produtora Lucasfilm, pretendia focar no universo da Velha República, antes da criação da ordem jedi — algo nunca explorado nem em filmes, séries, desenhos ou quadrinhos.

Segundo a revista Variety, a intenção de retratar um período desconhecido era o que motivava os produtores David Benioff e D.B. Weiss, a dupla que criou Game of Thrones, a tocar o projeto. Os dois, no entanto, anunciaram nesta segunda que deixaram o projeto.

"Benioff e Weiss tinham planos ambiciosos para levar o universo Star Wars em uma nova direção", diz trecho da publicação. "O período em que eles se interessavam em explorar era sobre a criação da ordem Jedi".

Ainda de acordo com a revista, a vontade da dupla não estava recebendo apoio de outros executivos da Lucasfilm, que tiveram "desentendimentos a respeito dos planos para os filmes durante os últimos encontros".

O que se sabe sobre as origens dos Jedi é que a ordem foi criada em uma ilha, conforme mostrado no episódio 8, Os Últimos Jedi. Para os fãs de spoilers que ainda não assistiram ao filme, aqui vai um: o local serviu de refúgio para Luke Skywalker, mas foi queimado pela aparição do Mestre Yoda.

Star Wars - A Ascensão Skywalker estreia nos cinemas no dia 19 de dezembro e encerrará a terceira trilogia da saga, que começou em Star Wars 7: O Despertar da Força (2015). A previsão era de que a nova parte, sob comando e Benioff e Weiss, estreasse em dezembro de 2022.

Errata: o texto foi atualizado
Ao contrário do informado no sexto parágrafo desta nota, A Ascensão Skywalker vai encerrar a terceira trilogia de Star Wars, e não a segunda. A informação foi corrigida.

Star Wars