Topo

Filmes e séries


"Podem falar o que quiserem", diz diretor da Marvel sobre Coppola e Scorsese

Jon Favreau nos bastidores de O Rei Leão - Reprodução
Jon Favreau nos bastidores de O Rei Leão Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

22/10/2019 19h14

As polêmicas declarações de cineastas como Martin Scorsese e Francis Ford Coppola a respeito de filmes da Marvel foram minimizadas por Jon Favreau, diretor dos dois primeiros filmes da saga Homem de Ferro: "Podem expressar as opiniões que quiserem."

"Esses caras são meus heróis. Eu não estaria fazendo o que faço hoje se eles não tivessem aberto o caminho", declarou o diretor em entrevista ao canal CNBC.

Favreau ainda acrescentou que fez uma referência a Scorsese em um de seus filmes.

"Eles serviram de fonte de inspiração e você pode perceber isso em Swingers - Curtindo a Noite (filme dirigido por Favreu em 1996), quando eu faço uma referência ao Martin. Na minha opinião, eles podem dizer o que pensam do jeito que quiserem e viveremos assim", observou.

Entenda a polêmica

Durante a divulgação de seu próximo filme, O Irlandês, Martin Scorsese declarou que a franquia "não é cinema". O diretor de Taxi Driver ainda tentou se justificar: "Eu não vejo. E tentei, sabe?", disse no início do mês.

Francis Ford Coppola, conhecido por dirigir a trilogia de O Poderoso Chefão, endossou a fala do colega e afirmou que a sequência é "desprezível".

Filmes e séries