PUBLICIDADE
Topo

Rock in Rio


Ludmilla e Funk Orquestra transformam Rock in Rio em baile de favela

Renata Nogueira

Do UOL, no Rio de Janeiro

05/10/2019 16h31

O calor de 33 graus no Rio de Janeiro não foi empecilho para o público lotar o palco Sunset do Rock in Rio e dançar ao som de funk, em um bailão com a mistura de vários sucessos. A comemoração de 30 anos do ritmo teve apresentação em roupagem diferente com a Funk Orquestra regida por Eder Paolozzi e acompanhada de Fernanda Abreu, Buchecha e a cantora Ludmilla, que comandou a parte final. Mc Kevinho foi desfalque de última hora, por conta de uma intoxicação alimentar.

Morto em abril deste ano, Mc Sapão foi homenageado com sucessos como Tô Tranquilão e Deixa ela Dançar, tocados enquanto uma foto sua era exibida no telão. O cantor seria uma das atrações do show, por isso um áudio seu foi exibido ao público. "Que honra, irmão. Que honra! Rock in Rio, 30 anos de funk, junto com essa galera, com esse time selecionadíssimo. Fico agradecido e muito feliz, muito contente, mano", foi o discurso em memória de MC Sapão, que teve seu nome gritado público.

O show passou por todas as fases do funk brasileiro, com um trecho de cada hit iniciando com o Rap da Felicidade e tocando músicas de Anitta, Tati Quebra-Barraco, Mc Serginho, Bonde do Tigrão, Furacão 2000, Valeska Popozuda, Mc Federado e os Leleks, Mc Fioti, Jojo Todynho e também uma homenagem ao Mr. Catra, que morreu em setembro de 2018.

Como já havia ocorrido em outros shows do Rock in Rio, o público gritou contra o presidente Jair Bolsonaro: "Ei Bolsonaro, vai tomar no c*".

A parte final do show foi comanda pela cantora Ludmilla, que subiu cantando Favela Chegou e, sem perder tempo, emendou outros sucessos, como Din Din Din e Onda Diferente, em que ela gravou originalmente com Anitta.

Hoje é o sexto dia de Rock in Rio 2019. Pink é a maior atração do palco Mundo - o show da cantora norte-americana começa à 0h10. O palco principal terá também Anitta, H.E.R. e Black Eyed Peas. No Sunset, a Funk Orquestra, com Ludmilla, Fernanda Abreu e Buchecha, abre a programação. O palco secundário terá ainda shows de Projota, Vitão e Giulia Be, Anavitória e Saulo e Charlie Puth, no dia mais pop do festival. São 14 horas de shows por dia, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro, com nove palcos e espaços, além da programação nas arenas. O Rock in Rio termina amanhã, domingo, com Muse e Imagine Dragons como destaques no palco Mundo.

Rock in Rio