PUBLICIDADE
Topo

Rock in Rio: H.E.R. cativa brasileiros com R&B e versatilidade no palco Mundo

Do UOL

05/10/2019 21h14

Em sua primeira aparição nos palcos brasileiros, a cantora Gabriella Wilson, mais conhecida como H.E.R., apresentou seus hits no palco Mundo do Rock in Rio, com muito R&B e soul music, além de preparar uma versão de Mas que Nada e declarar seu amor pelo público.

Vencedora de dois Grammys neste ano como melhor álbum, com I Used to Know Her, e melhor performance, a americana justificou sua premiação com um show inspirado e performando Carried Away, Racks e Hard Place.

Logo no início, H.E.R já tentou cativar o público brasileiro. "É a minha primeira vez no Brasil, e eu já amo muito vocês".

Ela fez outras intervenções ao público, com uma tentativa de português: "E aí, Rio? Tudo bem?". Além de declarar em inglês que gostou muito das pessoas, mas que curtiu especialmente da comida.

Com um estilo bastante calcado em Lauryn Hill, H.E.R fez um cover da cantora e apresentou Ex-Factor. Os brasileiros foram lembrados, em seguida, quando fez uma versão de Mas que nada, de Jorge Ben Jor, na qual tocou percussão enquanto dançarinos se apresentavam no centro do palco.

Além do vozerão, a atração internacional exibiu todos os seus dotes musicais tocando percussão, violão, baixo e até fazendo um solo de guitarra com o instrumento nas costas, enquanto se despedia com Fate.

Hoje é o sexto dia de Rock in Rio 2019. Pink é a maior atração do palco Mundo --o show da cantora norte-americana começa à 0h10. O palco principal ainda terá Black Eyed Peas. No Sunset, a Funk Orquestra, com Ludmilla, Fernanda Abreu e Buchecha, abriu a programação. No dia mais pop do festival, Charlie Puth encerra a programação no palco Sunset.

São 14 horas de shows por dia, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro, com nove palcos e espaços, além da programação nas arenas. O Rock in Rio termina amanhã, domingo, com Muse e Imagine Dragons como destaques no palco Mundo.