PUBLICIDADE
Topo

Morre Diahann Carroll, primeira atriz negra a estrelar série de TV nos EUA

Diahann Carroll em cena do filme Paris Vive à Noite (1961) - IMDB
Diahann Carroll em cena do filme Paris Vive à Noite (1961) Imagem: IMDB

Do UOL, em São Paulo

04/10/2019 14h36Atualizada em 04/10/2019 19h23

Morreu hoje, aos 84 anos, a atriz e cantora Diahann Carroll. Ela foi a primeira atriz negra a protagonizar uma série de TV nos Estados Unidos. Durante 1968 e 1971, ela viveu Julia Baker, uma enfermeira viúva que cuidava do filho na série "Julia". Ela deixa uma filha e dois netos.

Em sua carreira, Carroll conquistou um Tony Award —o Oscar da Broadway— como melhor atriz de musical e teve uma indicação ao Oscar. Segundo informações do jornal "New York Times" e do site "Hollywood Reporter", a atriz morreu em sua casa, em Los Angeles, devido a complicações causadas por um câncer de mama.

Carroll iniciou a carreira como cantora em boates de Las Vegas. Suas performances a levaram para estrelar musicais na Broadway, em Nova York. Sua estreia foi com o musical House of Flowers, que foi um sucesso de crítica.

Em 1962, estrelou o musical No Strings, escrito e composto especialmente para sua interpretação. O trabalho lhe rendeu o prêmio Tony Award.

Com a notoriedade adquirida por suas performances na Broadway, Carroll passou a participar de produções para a TV até que conseguiu ser a estrela do próprio show em Julia.

A atriz ainda protagonizou papéis de destaque no cinema. Seus principais trabalhos foram em Paris Vive à Noite (1961), O Incerto Amanhã (1967) e Claudine (1974) —este último responsável por sua indicação ao Oscar como melhor atriz.