PUBLICIDADE
Topo

De Niro chama Trump de "gângster" e manda emissora de notícias "se f*der" em entrevista

Robert De Niro em cena do filme "Um Senhor Estagiário" (2015) - Divulgação
Robert De Niro em cena do filme "Um Senhor Estagiário" (2015) Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

30/09/2019 08h37

Robert De Niro comparou Donald Trump, o presidente dos EUA, com um "gângster". O ator apareceu no programa de Brian Stelter, na CNN, e ainda atacou a rival da emissora no ramo de notícias, a Fox News, conhecida pelo apoio a Trump e outros políticos de direita.

Sempre vocal em sua oposição ao presidente, De Niro foi perguntado se suas declarações assustavam parte da mídia, incluindo a Fox News: "F*dam-se eles, f*dam-se eles", respondeu prontamente.

"Estamos na TV a cabo, então teoricamente você pode falar isso, mas mesmo assim, é domingo de manhã", rebateu o apresentador Stelter.

De Niro não abrandou seus ataques. "Estamos em um momento das nossas vidas em que esse cara [Trump] está agindo como um gângster. Ele chegou e disse coisas, fez coisas, que nós dizemos a todo momento que são terríveis. Estamos em uma situação horrível e esse cara continua por aí, ninguém o parou", continuou.

O ator também foi perguntado sobre o processo de impeachment contra Trump, iniciado pela Câmara dos EUA na semana passada. Embora parte da população já esteja fazendo pressão para o presidente renunciar, De Niro acha que isso é improvável.

"Não acho que ele seja capaz de renunciar", cravou. "Ele vai dizer que o processo é armado contra ele, isso ou aquilo. No dia que ele foi eleito, eu pensei: 'Bom, vamos dar uma chance a ele. Nunca se sabe. Veremos'. Mas ele é pior do que eu poderia ter imaginado".

Filmes e séries