Topo

Filmes e séries


Quem é Jodie Comer, que levou o Emmy de melhor atriz por Killing Eve

Kevin Winter/Getty Images
Imagem: Kevin Winter/Getty Images

Osmar Portilho

Do UOL, em São Paulo

23/09/2019 12h05

Com a voz trêmula e olhar perdido, Jodie Comer atendeu os jornalistas após receber o Emmy de melhor atriz em série dramática por viver Villanelle na série Killing Eve, da BBC America. "Estou totalmente surpresa de estar no meio dessas mulheres nessa categoria. É maravilhoso estar nessa posição em um programa onde há duas protagonistas. As pessoas geralmente nos colocam em oposições opostas, de rivalidade", disse a britânica de 26 anos.

Em abril de 2018, Jodie fez sua estreia como Oksana Astankova, a Villanelle, uma psicopata russa obcecada pela agente Eve Polastri, encarregada de segui-la.

Nascida Jodie Marie Comer em 11 de março de 1993, em Liverpool, ela começou sua carreira profissional no entretenimento em 2008 na série The Royal Today, o que a levou a participar de várias outras produções britânicas, como Holby City, Doctors, Silent Witness, Casualty, Vera, Law & Order: UK, entre outras.

Em uma entrevista ao site da BBC, ela explicou por que ficou fascinada por sua personagem e como construiu a perturbada personalidade de Villanelle.

"Tudo sobre ela me atraiu. Eu esperava que ela fosse uma coisa e ela é totalmente o oposto. Eu li 'assassina' e imediatamente pensei em uma vilã sexy de salto alto. Ela é muito mais real que isso. Ela tem muito senso de humor e comete muitos erros", explicou.

Entre as características da vilã, Jodie também acha que o público se identifica com sem jeito brincalhão e às vezes até infantil. "Eu sempre me lembro da abertura da primeira temporada, onde ela derruba o sorvete da menina. É algo que todos já quisemos fazer, mas ninguém efetivamente fez. Muitas vezes ela perde esse lado do terror que nos faria odiá-la".

O match perfeito: Sandra Oh

Boa dose do sucesso de Killing Eve está na química entre Jodie Comer e Sandra Oh, intérprete de Eve Polastri. "Eu a amamo tanto! Ela é muito generosa e é algo muito além de maravilhoso poder trabalhar e poder estar próximo dela no set", disse a atriz.

"Qualquer pessoa que você perguntar no set dirá que a atitude do protagonista reflete em todo o ambiente. E esse é o set mais feliz e descontraído em que eu já trabalhei. E isso eu atribuo a Sandra. Ela é uma mulher muito divertida e engraçada".