Topo

Entretenimento


Demi Moore relembra quase morte por overdose: "Flutuei acima do meu corpo"

David Livingston/Getty Images
Imagem: David Livingston/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

20/09/2019 16h47

Em seu novo livro autobiográfico, Inside Out, Demi Moore está abrindo o jogo sobre muitas questões da sua vida pessoal sobre as quais ele nunca tinha comentado publicamente antes. Uma delas é a sua relação com as drogas.

Na publicação, a atriz diz ter vivido uma experiência de quase morte em 2012, quando teve uma overdose após se separar do ex-marido, Ashton Kutcher.

Demi diz ter convulsionado por conta de uma overdose após inalar óxido nitroso e fumar maconha sintética durante uma festa em sua mansão em Los Angeles, nos EUA.

"Tudo ficou embaçado e eu podia ver a mim mesma de cima. Eu estava flutuando acima do meu corpo, em cores rodopiando, e parecia que essa talvez fosse minha chance: eu podia deixar a dor e vergonha da minha vida para trás", relatou. "Eu fiz o que outras pessoas estavam fazendo: dei um trago de óxido nitroso, e quando o baseado chegou até mim no sofá da minha sala de estar, eu fumei um pouco de maconha sintética (se chamava Diablo, apropriadamente)".

Assim que começou a convulsionar, os amigos que estavam presentes na festa chamaram a ambulância. Ainda de acordo com o livro, quando os paramédicos chegaram ao local pensaram que ela estava enfrentando a fase final de um câncer, por estar muito magra.

Depois disso, Demi foi reanimada e levada para um hospital, onde fez os tratamentos posteriores, como se internar em uma reabilitação após seus três filhos e Bruce Willis, seu ex-marido antes de Ashton, cortarem seu dinheiro.

Mais Entretenimento