Topo

Vingadores


Por que Capitão América deixou de ser herói no passado e não salvou Bucky?

Steve Rodgers velho em Vingadores: Ultimato - Reprodução
Steve Rodgers velho em Vingadores: Ultimato Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

02/09/2019 17h20Atualizada em 02/09/2019 19h04

Os fãs ficaram com dúvidas com o final do Capitão América em Vingadores: Ultimato. Entre as perguntas: por que Steve Rogers deixou de ser herói ao voltar para o passado? E ainda: por que ele não salvou Bucky Barnes, o Soldado Invernal, de ser comandado pela Hydra? Um dos roteiristas do filme deu sua explicação.

Em entrevista ao site Screen Rant, Christopher Markus afirmou: "Stephen McFeely (o outro roteirista) e eu fomos tomados pela ideia de que Steve voltou e, de alguma maneira, depois, sempre esteve ali. E ele viveu sua vida. Porque você pega os fãs do Capitão América que dizem que, se ele voltou no tempo, ele deve consertar tudo que sabia que ia acontecer".

"Então, ele tem que salvar Bucky, salvar Kennedy, mas ele é um homem ocupado. Mas não é por isso que o mandamos para o passado, e sim para que ele se tornasse uma pessoa completa e finalmente voltasse para casa depois da guerra. Não queríamos que ele voltasse para ficar se aventurando, e sim para descansar. E a única maneira que nós chegamos a essa solução é com dois Capitães. Eu estou bem com isso", acrescentou.

Ainda entre os questionamentos dos fãs com a volta do Capitão América no tempo estão: é difícil acreditar que Steve Rogers viveu todo este tempo no passado sem ser reconhecido; como ele viveu uma "vida normal" sabendo de todas as coisas terríveis que aconteciam ao mesmo tempo?

Vingadores