Topo

Música


Taylor Swift confirma plano de regravar músicas para recuperar seus direitos

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

21/08/2019 17h06

Assim que Scooter Braun anunciou a compra da gravadora Big Machine, Taylor Swift foi até suas redes sociais escancarar sua insatisfação sobre esse negócio - uma vez que os direitos autorais de suas faixas pertencem a distribuidora e agora pertenceriam ao inimigo da cantora.

Com a repercussão do assunto, diversos fãs e colegas, incluindo a cantora Katy Perry, assinaram uma petição online para Taylor regravar todo o seu catálogo novamente, a fim de desmonetizar a Big Machine e, respectivamente, Scooter.

"A intenção de Scooter é 1) ganhar dinheiro com os números imensos dos trabalhos anteriores de Taylor; 2) não certificar suas músicas, assim ela não se beneficiará da divulgação e atenção que certificações de diamante trazem, desacreditando a maior força da cultura pop hoje. Você vai deixar que 12 anos de trabalho de uma mulher independente sejam desacreditados, manipulados e distorcidos para ganhos pessoais?", diz o texto que justifica a criação da petição.

A iniciativa parece ter chamado atenção da voz de "Lover". Hoje (21), a CBS News divulgou um trecho da entrevista cedida por ela ao canal, em que Taylor confirma a intenção de regravar, pelo menos, algumas de suas faixas principais e mais sucesso.

"Sim, absolutamente", disse na entrevista, que irá ao ar no próximo domingo (25).

De contrato assinado com a Republic Records, Taylor Swift se prepara para o lançamento de Lover, seu sexto álbum de estúdio. Com cerca de 1 milhão de cópias vendidas já na pré-venda, o lançamento acontecerá nesta sexta-feira (23).