Topo

Promotores têm provas de crimes sexuais de R. Kelly, diz site

Acusação tenta incriminar rapper em lei sobre transporte interestadual de pessoas para propósitos sexuais ilícitos - Scott Olson/Getty Images/AFP
Acusação tenta incriminar rapper em lei sobre transporte interestadual de pessoas para propósitos sexuais ilícitos Imagem: Scott Olson/Getty Images/AFP

Do UOL, em São Paulo

16/08/2019 15h58

De acordo com o site TMZ, promotores dos Estados Unidos apresentaram evidências que comprovariam que o rapper R. Kelly esteve com mulheres menores de idade "com propósitos sexuais". O cantor é alvo de mais de dez denúncias, referentes ao período entre 1998 e 2010.

Nos novos documentos aos quais o site teve acesso, promotores federais de Nova York registraram pelo menos 12 registros de voos, certidões de nascimento de diversas mulheres, recibos de hotéis, registros bancários e registros médicos. Há também registros de corridas de Uber, fotos e mensagens de celular.

O objetivo da acusação é provar que R. Kelly violou a Lei Mann, que torna crime o ato de transportar pessoas entre estados dos EUA para propósitos sexuais ilícitos. O artista enfrenta denúncias em diversas jurisdições: Nova York (corte federal), Illinois (cortes estadual e federal) e Minnesota (corte estadual).

Desde julho, R. Kelly está detido em Illinois. O site afirma que o advogado Tom Mesereau deve assumir sua defesa.

Lady Gaga retira música do ar feita com rapper R. Kelly

Band Notí­cias

Mais Rap gringo