Topo

Entretenimento


Felipe Neto diz que Silas Malafaia o processa e "busca condenação à prisão"

O youtuber Felipe Neto - Reprodução
O youtuber Felipe Neto Imagem: Reprodução

Maurício Dehò

Do UOL, em São Paulo

05/08/2019 11h26

O youtuber Felipe Neto revelou que está sendo processado por Silas Malafaia e afirmou que o pastor está "buscando condenação à prisão". Em uma série de tuítes, ele disse que Malafaia entrou com um processo criminal, mas que vai lutar contra ele e seguirá expondo acusações de esquemas.

"Silas Malafaia está me processando criminalmente, buscando minha condenação à prisão, simplesmente por eu ter acabado com seu esquema de boicotes à empresas que apoiam causas LGBT. Meu vídeo continua no ar, minha luta contra o processo será até o fim", postou o youtuber.

Na thread publicada no Twitter, Neto diz que Malafaia tinha como tática seu silenciamento, com o intuito de que ele temesse ser preso e aceitasse um acordo.

"Então ele apareceu na audiência de conciliação, pomposo, dizendo que era só eu deletar o vídeo e pedir desculpas publicamente que ele removeria o processo. Quando eu deixei claro que ele poderia me processar 800x e eu jamais iria me permitir silenciar, e que não aceitava o acordo, ele ficou uma fera. (...) Ele achava que estava lidando com um menino do YouTube. Saiu de lá sabendo onde tinha se metido", disse Felipe Neto, cujo canal tem 33 milhões de inscritos.

Felipe ainda explicou: "Contei tudo isso porque acabei de saber que Silas Malafaia entrou com pedido de recuperação judicial em sua empresa, após declarar que não consegue vender nem 25% do que vendia em outros tempos. A justiça humana pode falhar, amigos. Mas a justiça do caráter, essa muitas vezes resolve."

Em junho, Malafaia gravou um vídeo para explicar que entrou com pedido de recuperação judicial para a editora Central Gospel, por conta da crise no mercado editorial. "Hoje eu estou vendendo 25% do que eu vendia até 2015. A Editora Central Gospel vai continuar, você pode continuar comprando os produtos da Central Gospel. Eu só estou entrando com o pedido de recuperação judicial para reestruturar essa empresa, pagar as dívidas e continuar a nossa marca".

Entretenimento