Topo

Animes e Mangás


Como dublador mais velho de Cavaleiros do Zodíaco fez série da Netflix sem voz

Mestre Ancião, personagem de Os Cavaleiros do Zodíaco, e seu dublador, Araken Saldanha - Montagem/Reprodução/Netflix/Facebook
Mestre Ancião, personagem de Os Cavaleiros do Zodíaco, e seu dublador, Araken Saldanha Imagem: Montagem/Reprodução/Netflix/Facebook

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

05/08/2019 04h00

O remake da Netflix de Os Cavaleiros do Zodíaco, embora seja controverso para os fãs, conquistou pelo menos um elogio unânime: a dublagem. A plataforma de streaming conseguiu escalar quase todas as vozes que participaram da primeira versão brasileira, em 1994, para a extinta TV Manchete, incluindo Araken Saldanha, de 90 anos. O dublador mais velho do anime topou o desafio de dublar mesmo sem voz.

Araken, um dos pioneiros da dublagem brasileira e veterano da TV, dubla Mestre Ancião, velhinho de 261 anos que treina Shiryu para ser cavaleiro de bronze de Dragão e vive sentado em frente à cachoeira de Rozan, na China. Na Netflix, ele iria perder o personagem pela primeira vez, mas o diretor da dublagem do anime, Francisco Bretas, interveio.

Francisco Bretas, dublador de Hyoga de Cisne e diretor da dublagem de Os Cavaleiros do Zodíaco na Netflix - Reprodução/Facebook
Francisco Bretas, dublador de Hyoga de Cisne e diretor da dublagem de Os Cavaleiros do Zodíaco na Netflix
Imagem: Reprodução/Facebook
"Quando ligaram para a casa dele, a mulher disse que ele não podia dublar porque estava com enfisema [pulmonar], como de fato está. Por isso, pensaram em outro colega, o Renato Márcio. Foi feito o teste, e o Renato era uma voz que mais se aproximava do Mestre Ancião", explicou ao UOL o diretor de dublagem, que também empresta sua voz ao cavaleiro Hyoga de Cisne.

Renato Márcio acabou dublando o trailer de Cavaleiros divulgado pela Netflix. Bretas, porém, insistiu no convite a Araken Saldanha, com quem ainda mantinha contato e costumava almoçar junto. Embora estivesse aposentado da dublagem, Araken fazia questão de voltar a fazer Mestre Ancião.

"Falei: 'Vocês consultaram o Araken?'. 'Não, ligamos para a casa dele e...'. 'Mas vocês falaram com ele?'. 'Ah, não falamos'. Deixei meu telefone no restaurante para ele ligar para mim. 'Tem aqui Cavaleiros'. E ele: 'Faço questão de dublar, é um personagem pelo qual tenho muito carinho, pelos fãs e por esse trabalho. Eu quero fazer!'", contou Bretas.

Araken Saldanha, dublador de Mestre Ancião em Os Cavaleiros do Zodíaco - Reprodução/Facebook
Araken Saldanha, dublador de Mestre Ancião em Os Cavaleiros do Zodíaco
Imagem: Reprodução/Facebook

Sem voz

Araken Saldanha detalhou seu estado de saúde no making of da dublagem de Cavaleiros, divulgado pelo estúdio paulistano VoxMundi Audiovisual.

"Eu fiquei feliz, porque é um personagem de que gosto. Ele é um monge, um velhinho, sabe muito e aconselha, está sempre aconselhando. Ele é um filósofo, muito tranquilo. Agora eu tenho dificuldade para falar, porque tenho enfisema, então eu perdi toda a voz, mas o velhinho eu faço até morrer", brincou.

Por causa da dificuldade para falar, Francisco Bretas teve cuidado para dirigir o colega e um de suas grandes referências na dublagem.

"Foi uma emoção, porque sempre fui dirigido por ele, mas nunca o contrário. Fizemos com muito cuidado, frase a frase, porque a respiração dele está um pouco curta, e no tempo dele. Ele ficou muito feliz, e eu mais ainda de estar com aquela voz maravilhosa no microfone dando vida ao Mestre Ancião. Ele falou: 'Mas esse velhinho para mim é fácil. Antigamente eu fazia tipo, agora sou eu mesmo!'", disse o diretor.

Cássius e Seiya se enfrentam em Os Cavaleiros do Zodíaco, anime da Netflix - Reprodução/Netflix
Cássius e Seiya se enfrentam em Os Cavaleiros do Zodíaco, anime da Netflix
Imagem: Reprodução/Netflix

Troca de dubladores

Outros personagens tiveram suas vozes alteradas. Araken Saldanha, que continuou como Mestre Ancião, perdeu Cássius por causa da voz comprometida. O rival de Seiya passou a ser interpretado por Mauro Ramos, famoso como Pumba e Shrek.

Narrador do anime clássico, Jonas Mello chegou a fazer testes, mas o escolhido foi Leonardo José, dublador de Thanos, vilão da franquia Vingadores. Tatsumi, mordomo de Saori Kido, foi dublado por Carlos Seidl, eterno Seu Madruga, de Chaves.

Shina de Cobra começou com Patrícia Scalvi, mas ficou marcada com Maralise Tartarine. Após a morte da dubladora, em 2014, Scalvi voltou a fazer a mestra de Cássius, mas para a Netflix a direção optou por Alessandra Araújo, que no anime clássico dubla outra personagem, June de Camaleão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Animes e Mangás