Topo

Pop


Aaron Carter é acusado de tentar vender cão resgatado por R$ 13 mil

Aaron Carter é acusado de tentar vender cão - Reprodução/Instagram
Aaron Carter é acusado de tentar vender cão Imagem: Reprodução/Instagram

Maurício Dehò

Do UOL, em São Paulo

05/08/2019 08h36

O cantor Aaron Carter está sendo acusado de colocar à venda um cão resgatado na rua, com uma larga margem de lucro. De acordo com o TMZ, um abrigo que hospedava o bulldog soube de suas intenções e resolveu agir.

Carter nega tentar vender o cachorro, mas um registro de uma live caiu na internet em que ele aparece falando até de valores.

"Esse é meu novo amigo. Mas, por sinal, se eu não puder ficar com ele, vou dá-lo. Ele tem dez meses e está sendo vendido por US$ 3,5 mil (cerca de R$ 13 mil). Então, se alguém quiser dar um lar ao meu bulldog inglês, eu o resgatei e estou procurando um lar para ele", diz Aaron, irmão de Nick Carter, no vídeo.

O abrigo Lancaster Animal Care Center fez um post no Instagram mostrando estar a par da situação. "Estamos trabalhando nesta situação. Obrigado por toda a preocupação", diz um comunicado, na legenda da foto em que Aaron Carter aparecia adotando o animal.

Aaron nega estar vendendo o animal. "Acho horrível ter de me explicar. Mas eu encontro muitos cães e acho lares para eles. O que disse naquela live era uma piada. Ache um cão que eu vendi. Sou uma pessoa boa e mereço respeito", defendeu-se o cantor.

"Com todo respeito, eu tenho uma casa e faço mais de US$ 3 milhões por ano, eu não preciso vender cães para conseguir dinheiro", seguiu ele, que afirmou que vai processar quem o difamar.

Mais Pop