Topo

Entretenimento


Como Vingadores: Ultimato virou a maior bilheteria da história do cinema

Cena de Vingadores: Ultimato - Divulgação
Cena de Vingadores: Ultimato
Imagem: Divulgação

Lello Lopes

Do UOL, em São Paulo

23/07/2019 04h00

Vingadores: Ultimato atingiu no final de semana a marca de US$ 2,790 bilhões em bilheterias e se tornou o filme que mais arrecadou dinheiro nos cinemas. Alguns pontos ajudam a explicar como o longa dirigido pelos irmãos Anthony e Joe Russo conseguiu superar Avatar para virar o novo rei das bilheterias.

  1. O sucesso na China - Vingadores: Ultimato arrecadou mais de US$ 600 milhões em solo chinês. É a terceira maior bilheteria da história do país, e o melhor resultado de um filme estrangeiro.
  2. O truque do relançamento - Depois de uma estreia espetacular, o ritmo da bilheteria de Vingadores: Ultimato começou a ratear. Quando a Disney percebeu que o filme corria o risco de não passar Avatar, relançou uma nova cópia de Ultimato, com uma cena extra e alguns bônus para os fãs. Foi o suficiente para o fluxo de público aumentar.
  3. A força da Disney - A casa do Mickey conseguiu manter a força criativa da Marvel depois de comprar o estúdio, arriscou em algumas apostas ousadas (como o filme dos Guardiões da Galáxia), fez acordo com a concorrente Sony para poder usar o Homem-Aranha e despejou o dinheiro necessário para viabilizar o ambicioso projeto do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU), que culminou em Ultimato.
  4. A expectativa dos fãs - Poucos filmes foram tão esperados quanto Vingadores: Ultimato. Era o encerramento de uma saga iniciada onze anos antes, com Homem de Ferro. E vinha no rasto do surpreendente final de Vingadores: Guerra Infinita, com o desaparecimento de alguns dos maiores ícones da cultura pop.

Leia aqui a reportagem completa.

Entretenimento