Topo

Filmes e séries


Xixi e latidos: Como é ir a uma sessão de cinema com 50 cachorros

Reinaldo Canato/UOL
Imagem: Reinaldo Canato/UOL

Felipe Branco Cruz

Do UOL, em São Paulo

14/07/2019 12h16

Sabe aquela sensação gostosa quando seu cachorro sobe no seu colo no sofá e fica ali te fazendo companhia enquanto você assiste a um filme na TV?

Pois foi o que aconteceu ontem comigo e com a minha cachorrinha Gal, só que dentro do cinema, ao lado de outros 50 cachorros (de todos os tamanhos) e seus donos, na exibição de Homem-Aranha: Longe do Lar, em uma sala do Cinesystem, no Morumbi Town Shopping, em São Paulo.

O repórter do UOL e sua cachorrinha, Gal - Reinaldo Canato/UOL
O repórter do UOL e sua cachorrinha, Gal
Imagem: Reinaldo Canato/UOL
Esta é a segunda vez que a sessão especial Cine Pets é realizada no lugar, em que é permitido levar seu melhor amigo para assistir ao filme com você, em uma sala preparada especialmente para receber os animais, que podem ficar sentados no chão, no colo do dono ou na poltrona ao lado (se ela estiver vaga).

Preparação da sala

A maior preocupação dos pais de pets é com o barulho da sala. Se os bichinhos se assustam com fogos de artifício, que dirá de explosões barulhentas em um filme de herói? Para evitar esse desconforto, o volume é cerca de 30% mais baixo (a mesma altura do Cinematerna, sessões especiais para as mamães e os papais poderem levar seus bebês). Além disso, a sala não fica completamente escura. As luzes laterais ficam acesas durante toda a projeção, porém com luminosidade mais baixa. O ar-condicionado também não é tão frio, embora algumas pessoas tenham levado mantinhas para os animais.

Filme? Que filme?

As primas Luciana Carla Rodrigues, 30, e Katia Rodrigues Trevisan, 35, donas de Pudim, 3, Pretinha, 1, e Cindy, 2, caçam lugares pet-friendly para passear com seus "filhinhos". Quando souberam que um cinema no Morumbi permitiria a entrada dos cachorrinhos, elas não pensaram duas vezes e saíram do bairro do Tucuruvi, numa viagem de 1h30 até o Morumbi, só para verem o filme. Mas, que filme? "Não gostamos tanto assim do Homem-Aranha. Viemos pelo passeio e pela experiência", disse Luciana.

A mesma coisa aconteceu com o casal Ana Beatriz, 29, e João Victor Cara Bettoni, 32, que saíram de Barueri, na Grande São Paulo, numa viagem de 40 minutos, só para levar o Dexter, um bulldog francês de 2 anos, ao cinema. "O filme era o de menos. Eu não gosto de nenhum filme de heróis. Nem conheço os Vingadores", disse João Victor. O cachorro se comportou direitinho durante a sessão e quase não latiu. "Queria assistir a 'Pets 2'. Acho que combinaria melhor com o clima", disse Ana Beatriz, que só vai em lugares que aceitam o Dexter.

Outro que estava ali só pela curtição era o Simba, o maior cachorro da sessão, um chow-chow de 4 anos e 25 kg. Seus donos, Carlos Eduardo Maciel, 37, e Samanta Perrori, 34, ocuparam uma cadeira extra para dar lugar ao Simba, que virou uma das atrações da sessão e quase não latiu, preferindo interagir com as pessoas que estavam sentadas no banco da frente.

Digitais influencers

Com 22 mil seguidores no Instagram, Snow, um spitz japonês de 2 anos, é mais famoso do que muitos digitais influencers por aí. Seus donos, Cintia Martins, 27, e Ronaldo Oliveira, 34, ganharam as entradas do cinema com o compromisso de divulgarem o evento para os seguidores de Snow. Antes da sessão, no entanto, Snow estava um pouco agitado e só se acalmou quando seus donos lhe deram uma orelha de boi desidratada para comer. "Petiscos naturais são mais saudáveis", explicou Ronaldo.

A dupla de pugs Napoleão e Romeu, ambos de 1 ano, de Kaciane Martins, 40, e com 38 mil seguidores no Instagram, também foi convidada ao evento. Os dois vestiam fantasias do Capitão América e do Homem de Ferro e atraíam a atenção de todo mundo que estava na fila da pipoca. Adestrados, os dois doguinhos sentavam ao comando da dona e posavam para fotos com todo mundo.

Os pugs Romeu e Napoleão foram vestidos com as roupinhas dos Vingadores - Reinaldo Canato/UOL
Os pugs Romeu e Napoleão foram vestidos com as roupinhas dos Vingadores
Imagem: Reinaldo Canato/UOL

Roupinha de bebê

O casal Thais Barcala, 39, e Paulo de Tarso Garcia, 54, são apaixonados por quadrinhos e cultura pop. Os dois foram ao cinema com camisas dos heróis da Marvel e seu cachorrinho, o Floyd, um Schnauzer de apenas 5 meses, vestia body de bebê do Homem-Aranha.

Durante a sessão, Floyd se comportou muito bem. Não latiu e não desceu do colo dos donos. "Como ele ainda é bebê, ele late muito pouco", explicou Paulo. "Procurei roupinhas de cachorro com desenho de heróis para o Floyd, mas não achei. Então, comprei uma roupinha de bebê para ele", disse Paulo, que já levou seu doguinho até na Parada do Orgulho LGBTI+ para demonstrar seu apoio.

Para garantir o conforto de seu "bebê", Thais levou também uma cestinha acolchoada. "Somos marinheiros de primeira viagem. É nosso primeiro cachorrinho e ainda estamos aprendendo", afirmou.

Gaiato no navio

Mas a sessão não era exclusiva para quem estivesse com doguinhos. Pelo menos dois casais desavisados entraram no cinema sem saber que assistiriam ao filme acompanhados de 50 cachorros e muitos latidos. Foi o que aconteceu com os namorados Sara Madriñan, 21, e Felipe Castanho, 26, que são colombianos e não falam português. "Fomos pegos de surpresa. Só queríamos ir ao cinema. Não achamos ruim. Achamos curioso. Amamos cachorro", afirmou Felipe.

Gustavo Punese, 20 e Thalia Silva, 21, também foram pegos de surpresa. Elas só queriam assistir à primeira sessão de cinema do dia e escolheram a do Homem-Aranha por ser às 14h. "Quando chegamos no guichê, vimos que as pessoas estavam com cachorros, mas nem imaginávamos que elas iriam entrar na sala. Foi uma surpresa boa. Tiveram os latidos, mas foi superfofo. Ficamos brincando com o chow-chow Simba. Ele passou a sessão inteira olhando para a gente", contou Gustavo.

Juliana Gonçalves e a yorkshire Luz - Reinaldo Canato/UOL
Juliana Gonçalves e a yorkshire Luz
Imagem: Reinaldo Canato/UOL
Bons modos

Mas não espere bons modos de todos os animais. No início da sessão, rolou uma sinfonia de latidos, especialmente durante o trailer de O Rei Leão. Quando o filme começou, a cachorrada sossegou, mas alguns latidos ainda puderam ser ouvidos aqui e ali, principalmente nas cenas mais barulhentas. Nenhum doguinho se atreveu a sair de perto do seu dono. A maioria preferiu se aninhar no colo ou embaixo das poltronas. Aquela história de fazer silêncio e não tirar fotos também não rolou. Em vários momentos, os donos aproveitaram para fazer selfies com seus bichinhos (com flash) e nem ligavam em falar alto com eles, pedindo para ficarem quietos ou para acalmá-los. Mas ninguém reclamou.

Cena pós-créditos

Homem-Aranha: Longe de Casa, assim como a maioria dos filmes da Marvel, tem cenas secretas após os créditos. A maioria dos donos ficou até o final e viu as duas cenas. Mas nenhum deles tinha de fato esse objetivo: todos queriam aproveitar a oportunidade para tirar fotos com seus bichinhos com as luzes totalmente acesas, além de interagir com os outros doguinhos. Mesmo após todos os créditos subirem, ainda ficaram algumas pessoas na sala conversando e tirando fotos.

Xixi

Só um cachorro fez xixi na sessão. E ninguém soube quem foi (garanto que não foi a Gal). O doguinho misterioso se esgueirou sorrateiramente pelos corredores e fez xixi embaixo da tela. No final da sessão, a sujeira foi limpa por uma funcionária da limpeza. "Nem é a coisa mais nojenta que limpei no cinema", disse ela ao UOL, sem revelar o nome. "Eu amo cachorro. Limpar xixi é fácil. Difícil foi quando tive que limpar vômito, não de cachorro, de gente mesmo, numa sessão de filme de terror."

E Gal?

A Gal, minha vira-latas de 7 meses, dormiu. No início da sessão, ela ficou com medo, tremeu por uns cinco minutos até se acostumar com o que estava acontecendo. Depois, se acalmou e ficou quietinha no colo. Quando deu uma hora de projeção, ela pulou para a poltrona vazia ao lado e dormiu, só se levantando quando outros cachorros latiam. Rosnou duas vezes para a cachorra vizinha, mas logo se cansou e voltou a dormir. Vai ver o conforto da poltrona despertou aquele soninho e ela aproveitou para descansar.