Topo

Vingadores


O que a Marvel está fazendo para Vingadores alcançar a bilheteria de Avatar

Reprodução
Imagem: Reprodução

Osmar Portilho

Do UOL, em São Paulo

2019-07-11T12:16:47

11/07/2019 12h16

Vingadores: Ultimato entrou na lista das 10 maiores bilheterias mundiais facilmente. Mas a Marvel queria mais. Desde o lançamento de Avatar, em 2009, a tarefa de tirar o filme de James Cameron do trono do ranking com seus US$ 2,7 bilhões de faturamento era uma missão impossível. Com os super-heróis da Marvel, esta tarefa se tornou uma ambição.

Hoje, prestes a atingir a cifra, a Marvel ainda mexe seus pauzinhos para alcançar o número que não veio com tanta facilidade quanto imaginávamos. Desde que essa corrida chegou em seu sprint final - termo usado para aquele último pique que maratonistas dão -, a produtora tem apostado em algumas manobras para conquistar a liderança das bilheterias.

Aposta número 1: cenas inéditas

O que faria um fã da Marvel voltar ao cinema para encarar mais três horas de Vingadores? Claro: mais Vingadores! O anúncio da Disney de que o filme ganharia algumas sessões com cenas inéditas movimentou novamente o público. A nova versão estreou hoje no Brasil.

"Os fãs que forem ao cinema irão assistir, além do filme inteiro, um vídeo de introdução do diretor Anthony Russo e uma cena que não foi incluída na versão final do filme", garantiu a Disney.

Instagram/Reproduçaõ
A atriz Zoe Saldana mostra os ingressos de Agustin Alanis em foto postada no Instgram do fã Imagem: Instagram/Reproduçaõ

Fãs hardcore

A Marvel tem contado com a ajuda de muitos fãs dispostos a ajudar nesse fôlego final. Você pode ser fã de Vingadores, mas não chega aos pés de Agustin Alanis. Ele já foi ao cinema 114 vezes para ver o filme, apenas para quebrar o recorde mundial e entrar no Guinness World Records. E Agustin não está sozinho nessa corrida. Seu maior rival na categoria um tanto exótica é Anthony Mitchell, que viu o antecessor Vingadores: Guerra Infinita 103 vezes no ano passado e certamente repetiu Ultimato também algumas vezes.

Nas redes sociais, a campanha pegou entre os devotos, que chegaram a subir a hashtag #WhateverItTakes (custe o que custar, em tradução livre).

Marketing, marketing e também um pouco de marketing

E disso a Disney entende. Quando a possibilidade de atingir a marca de Avatar ficou mais próxima, a estratégia de divulgação cresceu. O natural seria, assim que a empolgação pelo filme passasse, diminuir esse investimento.

O arco de toda a jornada dos Vingadores não é só um caso de sucesso dos cinemas e do mundo geek. Virou também um case de publicidade.

São vários artigos que enaltecem as estratégias escolhidas pela Disney e Marvel para conduzir a história e seus respectivos lançamentos, todos o cronometrados para não deixar que a marca nunca perdesse sua força ao longo dos anos. Se o hype de Homem-Aranha estava passando, na sequência já tínhamos um filme do Thor, e depois Pantera Negra, e aí Guerra Infinita...Sacou? Nunca ficamos um grande período sem estarmos ansiosos pelo próximo filme da saga.

The Chosunilbo JNS/Imazins via Getty Image
Brie Larson, a Capitã Marvel, durante evento dos Vingadores na Coreia do Sul Imagem: The Chosunilbo JNS/Imazins via Getty Image

No mercado americano, Ultimato superou Avatar com facilidade, mas ainda não alcançou a cifra nas bilheterias internacionais. O novo passo necessitava então de um olhar no exterior.

Gastar mais, crescer mais

De acordo com o site ScreenRant, há especulações de que as campanhas de publicidade de Ultimato sejam as mais caras da história da Marvel. A decisão de gastar tanto em algo que já seria naturalmente um sucesso pode parecer estranho, como bem aponta o artigo, mas faz parte de uma estratégia de crescimento e conquista de mercados novos.

Nesta última etapa, Marvel e Disney despejaram novas ações de marketing em mercados potenciais na Ásia. A Coreia do Sul, por exemplo, recebeu várias ativações para se aproximar ainda mais dos heróis da produtora. Kevin Feige, chefão da Marvel, já falou inclusive que planeja filmar novamente por lá em um futuro próximo durante uma das passagens do elenco pelo país.

So ó tempo dirá se o plano da Disney e Marvel vai dar certo, mas há fortes indícios de Ultimato conseguirá ultrapassar seu rival na linha de chegada. Ainda faltam US$ 15 milhões para os Vingadores assumirem o cobiçado trono.

Mais Vingadores