Topo

Geek


Homem-Aranha: Longe de Casa tem participação imperdível de (spoiler!)

Tom Holland  e Marisa Tomei em cena de Homem-Aranha: Longe de Casa - Reprodução
Tom Holland e Marisa Tomei em cena de Homem-Aranha: Longe de Casa Imagem: Reprodução

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

02/07/2019 04h00

Atenção! O texto abaixo contém spoilers de Homem-Aranha: Longe de Casa. Não leia caso não queria saber o que acontece na cena pós-crédito do filme.

Homem-Aranha: Longe de Casa, que chega aos cinemas no dia 4 de julho, guarda momentos imperdíveis do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU), inclusive um retorno surpreendente na cena pós-crédito.

Quer mesmo saber?

.

.

.

A participação especial é de um ator da primeira trilogia do herói, comandada por Sam Raimi em meados da década de 2000.

J.K. Simmons está de volta na pele do irritado J. Jonah Jameson. O editor-chefe do Clarim Diário, que vê em Homem-Aranha o grande inimigo da cidade de Nova York, aparece em um telão denunciando o herói.

Como a cena acontece?

Para explicar o contexto: a maior surpresa do filme é que Mysterio (Jake Gyllenhaal) não é o novo parceiro do Aranha --pelo contrário. Para mostrar seu valor, ele engana Nick Fury (Samuel L. Jackson) e Peter Parker (Tom Holland) bolando projeções de perigosas criaturas para sair como um novo herói.

O plano infalível vai pelos ares após esforço do Teioso, e a angustiante cena final resulta na morte de Quentin Beck, a identidade verdadeira de Mysterio. O que ninguém imaginava é que, antes de morrer, o novato da franquia editou um vídeo incriminando o herói da Marvel -- e adivinha para quem ele enviou o material?

J.K. Simmons como J. Jonah Jameson na primeira trilogia do Homem-Aranha - Reprodução
J.K. Simmons como J. Jonah Jameson na primeira trilogia do Homem-Aranha
Imagem: Reprodução

Se em Homem-Aranha (2002), Homem-Aranha 2 (2004) e Homem-Aranha 3 (2007) a adaptação do editor era próxima ao visual dos quadrinhos, com os cabelos grisalhos e o bigode característico, desta vez ele aparece mais velho, uma mudança natural da idade.

A última vez que J. K. Simmons viveu o personagem foi há 12 anos. Agora com 64 anos, o ator aparece calvo no topo da cabeça e sem o charuto na boca, mas ainda é evidente a raiva que Jameson sente pelo Homem-Aranha não mudou.

O editor aparece falando como Homem-Aranha é uma ameaça, e o vídeo deixado por Mysterio não deixa dúvidas: o Teioso não pode mais ser considerado um herói.

Muito se discutiu o motivo de Simmons não ter interpretado o editor no filme anterior, lançado em 2017. Mas no mesmo ano o ator passou para o Universo da DC nos cinemas, interpretando o Comissário Gordon em Liga da Justiça, o que dificultou a negociação com a Marvel.

Trailer legendado de Homem-Aranha: Longe de Casa

UOL Entretenimento

Geek