Topo

Vingadores


À caça de Avatar, Vingadores: Ultimato deixa top 10 da bilheteria pela 1ª vez

Reprodução
Vídeo mostra os bastidores do reencontro de Tony Stark e Peter Parker em "Vingadores: Ultimato" Imagem: Reprodução

Maurício Dehò

Do UOL, em São Paulo

2019-06-16T14:06:09

16/06/2019 14h06

Faltam menos de US$ 60 milhões para Vingadores: Ultimato bater o recorde de maior bilheteria da história. No entanto, o ritmo de evolução do filme segue diminuindo e, pela primeira vez, a produção não ficou nem entre as dez com mais ingressos vendidos no mercado norte-americano.

De acordo com o site Box Office Mojo, que publica estatísticas de bilheteria pelo mundo, esta semana Ultimato foi apenas o 11º filme mais visto dos Estados Unidos, caindo da 8ª colocação da semana anterior - que por sua vez já era duas posições abaixo da última semana de maio.

Segundo as estimativas do site para este fim de semana, a arrecadação é de $3,5 milhões no país. O número total agora é de US$ 2,742 bilhões, cada vez mais próximo dos US$ 2,788 bilhões de Avatar, maior bilheteria da história.

O problema é a queda no ritmo. Em seu favor, Vingadores tem o fato de ainda ter várias semanas em exibição. Seu antecessor, Guerra Infinita, ficou nas salas até setembro - e é o quinto filme mais visto de todos os tempos, com US$ 2,048 bilhões em arrecadação.

MIB lidera

O filme com maior bilheteria da semana foi o estreante MIB: Homens de Preto - Internacional, com US$ 73,7 milhões ao redor do mundo no fim de semana e, somado com os EUA, um total de US$ 102,2 milhões.

O segundo lugar ficou com Pets: A Vida Secreta dos Bichos 2, com US$ 23,8 milhões nos EUA. O live action de Alladin ficou com US$ 16,7 milhões nos EUA e agora totaliza desde a estreia US$ 724 milhões, mais do que a animação clássica.

Mais Vingadores