Topo

"Chupa, Luan" e crochê: histórias que você não verá no DVD de Paula Fernandes

Manuela Scarpa/Brazil News
Paula Fernandes na gravação do seu DVD Imagem: Manuela Scarpa/Brazil News

Leonardo Rodrigues

Do UOL, em Sete Lagoas (MG)*

2019-06-14T04:00:00

14/06/2019 04h00

Paula Fernandes gravou no dia 12, em Sete Lagoas (MG), seu novo DVD, "Origens", primeira empreitada da artista desde a repercussão viral da cover Juntos --na boca do povo, Juntos e Shallow Now. O quarto trabalho ao vivo da cantora será lançado entre agosto e setembro. O show, grandioso e gratuito, foi acompanhado por cerca de 15 mil pessoas no Parque Náutico do Boa Vista, antigo "quintal" de Paula. E o frio, a uma hora e meia de atraso e as quase três horas de apresentação --várias músicas tiveram de ser executadas mais de uma vez, como é praxe em gravações-- não desanimaram quem decidiu sair de casa no Dia dos Namorados.

Participaram da apresentação os colegas Gustavo Mioto, Kell Smith e a dupla César Menotti & Fabiano. A parceria mais aguardada da noite, a de Luan Santana em Juntos, acabou não acontecendo por decisão da gravadora do cantor, a Som Livre, que, segundo o colunista do UOL Leo Dias, voltou atrás após a avalanche de piadas na internet.

A ausência frustrou Paula, que optou por ignorar o imprevisto no decorrer do show e no contato com a imprensa. Apesar disso, Luan se fez presente, assim como os imprevistos típicos de um registro ao vivo, os sucessos, a histeria da plateia em Juntos e um inesperado mimo dado por ela a jornalistas. Veja a seguir seis histórias de bastidor que você jamais saberia apenas assistindo ao DVD.

4 vezes "Juntos e Shallow now"

Manuela Scarpa/Brazil News
Imagem: Manuela Scarpa/Brazil News

O maior hit de Paula Fernandes nos últimos anos rendeu a apoteose da gravação, com direito a fogos de artifício, gritaria e quatro repetições da música --uma delas feita à capela, com participação da plateia, para ser exibida no Fantástico. Nas outras três versões registradas, Paula supriu a ausência de Luan Santana ora cantando ela mesma a parte masculina da letra, ora pedindo aos fãs para cantarem juntos --e Shallow now. A "música-meme" era pedida aos gritos, e qualquer menção de Paula a ela era sucedida por mais barulho. Luan não fez --muita-- falta.

"Chupa, Luan!"

A desistência em cima da hora do sertanejo não passou incólume para os seguidores de Paula Fernandes. Alguns fãs, especialmente os mais fanáticos, que chegaram cedo para ficar grudados à grade, protestaram com o coro de "Chupa, Luan! Chupa Luan!", entoado antes do último "teste" de Juntos. Paula deu de ombros e, como resposta, limitou-se a citar como um bordão o título de uma de suas novas músicas: "Porque a resposta é o amor". Em outro momento, ela mais uma vez "alfinetou sem alfinetar": "Vocês são o melhor Bradley Cooper que eu poderia ter", disse. As gravações devem render videoclipe para a música.

Imprevistos

Manuela Scarpa/Brazil News
Imagem: Manuela Scarpa/Brazil News

Eles são praticamente inevitáveis em uma gravação ao vivo de três horas, para serem limados na edição do álbum. Kell Smith, por exemplo, errou a letra que ela mesma escreveu no dueto com Paula. Foi só começar de novo. Conhecida pelo perfeccionismo, Paula interrompeu o show diversas outras vezes. Seja para retocar a base na perna esquerda, disfarçando uma marca de nascença, ou para chamar ao palco uma costureira quando percebeu uma falha na parte de trás de um dos três cintilantes vestidos usados na noite de gala.

A quase gafe

Manuela Scarpa/Brazil News
Imagem: Manuela Scarpa/Brazil News

Outro deslize que passou batido a muita gente: na hora de chamar ao palco os amigos César Menotti e Fabiano, Paula referiu-se eles como uma "grande dupla", formada por "grandes artistas". Alertada no ponto eletrônico, ela ficou sem graça e precisou interromper um discurso que poderia facilmente resultar em piadas gordofóbicas. Mais tarde, o próprio César teve jogo de cintura ao render a chiste: "Fui no camarim da Paula, e se vocês vissem a quantidade de doce que tem lá... Se fosse no meu, já falariam que é porque sou gordo", brincou.

Paula e o crochê

Leonardo Rodrigues/UOL
Imagem: Leonardo Rodrigues/UOL

Os jornalistas convidados para a gravação do DVD receberam um um kit que continha um simpático cartão de boas-vindas escrito por Paula Fernandes e um pano de prato com motivos religiosos típico de Minas Gerais. O detalhe especial: a moldura do adereço de cozinha foi feita de crochê pela própria cantora. E ela explicou a ideia ao UOL. "Deu trabalho. Toda hora que eu tenho um tempinho, eu faço. Comecei a mandar pros fãs. Quando você tem alguma coisa feita pela gente, você sabe que a gente doou nosso tempo. E não há nada mais valioso no mundo que o tempo da gente."

Um furacão e um desconfião

Manuela Scarpa/Brazil News/Montagem
Paula Fernandes Kell Smith e Gustavo Mioto durante gravação do DVD Imagem: Manuela Scarpa/Brazil News/Montagem

A dupla César Menotti & Fabiano chegou atrasada ao Parque Náutico do Boa Vista e não teve tempo para falar com jornalistas antes do show. Os outros dois convidados, Kell Smith e Gustavo Mioto, cumpriram o protocolo. Falante e simpática, Kell Smith chamou a atenção pela espontaneidade: confessou não ter conseguido aparar o "pezinho" do cabelo, inspirado em Elis Regina, e surpreendeu ao falar abertamente sobre sua sexualidade. "Desta vez tenho um relacionamento com um homem, mas poderia ser com uma mulher, com um travesti, com uma árvore." Já Gustavo Mioto, que também mostrou simpatia na sala de imprensa, deu um recado mais duro ao grupo de repórteres assim que terminou sua coletiva. "E vê se não distorcem o que falei, viu?"

*O jornalista viajou a convite da produção de Paula Fernandes

Errata: o texto foi atualizado
A matéria citou em sua versão inicial, incorretamente, que Paula Fernandes fez bordados para os jornalistas. Na verdade, foi um trabalho de crochê. O conteúdo foi corrigido.

Mais Sertanejo