Topo

Rapper Edgar usa stickers do Whatsapp e memes no clipe de "Felizes Eram os Golfinhos"

O rapper Edgar, que lançou "Ultrassom" em 2018 - Leonardo Santos/Divulgação
O rapper Edgar, que lançou "Ultrassom" em 2018 Imagem: Leonardo Santos/Divulgação

Maurício Dehò

Do UOL, em São Paulo

28/05/2019 11h19

O rapper Edgar brinca mais uma vez com as imagens futuristas que o fazem famoso e lança hoje o quarto clipe do disco "Ultrassom". Desta vez, a música escolhida é "Felizes Eram os Golfinhos", que usa memes e stickers de Whatsapp em um vídeo com forte pegada psicodélica.

Das batidas ao estilo de cantar próprio, mais próximo da voz falada, Edgar ganhou fama por misturar influências de outros estilos, como o funk, no seu som. Além disso, as letras tem preocupações sociais e ambientais, como é o caso de "Felizes Eram os Golfinhos".

O clipe traz a questão ecológica na letra e faz brincadeiras no vídeo com casos virais, memes, gifs e stickers, ao estilo do que Edgar traz nos telões de seus shows. Mas também faz críticas sérias, mostrando o caso em que um segurança de um supermercado matou uma pessoa, asfixiada.

O rapper Edgar - Divlgação
O rapper Edgar
Imagem: Divlgação

Sobre a letra, Edgar comenta: "Os coalas estão funcionalmente extintos por não conseguirem mais se reproduzir na natureza, o mar já não é um habitat perfeito para os peixes por conta dos descartes de lixo e dejetos químicos, os golfinhos, além de serem pescados aos montes na Ásia e servirem de diversões em parque aquáticos nos EUA, logo serão extintos ou apenas usados como memes e esquecidos na realidade em que precisam de ajuda. Tudo porque o mar já não é um lugar tão feliz assim."

O clipe foi um esforço em grupo, com produção e direção de profissionais de São Paulo e Recife. A seleção de imagens ficou por conta de Enivo, Renan Soares, André Xim e do próprio Edgar. A pós-produção e inserção de GIFs, stickers e memes foi responsabilidade da videomaker biarritzzz e do artista plástico e ex-BBB Aslan Cabral, ambos pernambucanos.

Edgar recentemente apareceu em colaborações com Elza Soares, na música "Exú nas Escolas", e com o Baiana System, em "Sonar", do recém-lançado álbum "O Futuro Não Demora". "Ultrassom" saiu em 2018, pela Deckdisc.

Mais Rap nacional