Topo

Música


Guia de sobrevivência: Dicas para aproveitar a Virada Cultural sem perrengue

Marlene Bergamo/FolhaPress
Público se diverte no show dos Ratos do Porão na Virada Cultural Imagem: Marlene Bergamo/FolhaPress

Maurício Dehò

Do UOL, em São Paulo

2019-05-18T04:00:00

18/05/2019 04h00

A Virada Cultural vai ocupar a cidade de São Paulo neste fim de semana, com uma extensa programação de música e artes por toda a cidade. A programação vai das 18h de hoje às 18h de amanhã, e tem um "cardápio" estelar: Caetano Veloso, Anitta, Anavitória, Pabllo Vittar, Naiara Azevedo, Lucas Lucco, Criolo, Emicida, Baco Exu do Blues, Maria Rita, O Grande Encontro, Sepultura e mais.

Para que você possa curtir a programação evitando ao máximo perrengues, separamos algumas dicas preciosas e simples, que vão ajudar nessas 24 horas de atrações. Vamos a elas:

Em casa: programe-se

O começo da Virada tem de ser antes de botar os pés na rua. Estude bem a programação - que está completa no site do evento - e veja suas atrações preferidas, afinal, são 35 palcos, sendo 27 no Centro. Vale traçar um mapa de onde você quer estar e em que horário e levá-lo para consultas. E é legal até ter planos B e C na manga, caso as ideias originais não agradem tanto. Vale lembrar que, além de músicas, há palestras, filmes, dança, teatro, circo e atrações infantis.

Prefira o transporte público

Como a Virada se espalha pela cidade, é recomendável usar transporte público e os aplicativos de motoristas - alguns costumam dar descontos nesta época. O metrô e a CPTM funcionarão 24h durante a virada.

Tênis com amortecimento, roupas leves, filtro solar

Estamos falando de 24h de programação e, provavelmente, muita caminhada e horas em pé. Então, calce um tênis com amortecimento, mas não aquele novinho, afinal, você não vai querer estragá-lo com possíveis posições, ou caso caia uma chuva. Roupas leves e filtro solar para o dia de domingo - sol com poucas nuvens - também são recomendáveis.

Previsão do tempo: leve capa

Se você tem capa de chuva, melhor levar. A previsão do tempo indica que no sábado pode haver chuva durante todo o dia. O tempo fica mais firme no domingo. A madrugada deve ficar com temperaturas de 16º C, um frio leve, e as máximas esperadas são de 21º C no sábado e 24º no domingo.

Pochete e doleira

Se o Carnaval popularizou novamente a pochete, ela pode ser uma boa opção para levar seus pertences. Há também a doleira, que fica por dentro da roupa e é ainda mais segura. Com R$ 15, em qualquer feira ou em lojas populares você compra um porta-dólar ou pochete.

Golpes com cartão

Fique ligado na hora de comprar seus comes e bebes, principalmente de ambulantes. Vale a pena levar dinheiro trocado, para agilizar o processo, e evitar usar cartões, principalmente de crédito, porque há diversos golpes que ali, na hora da curtição, qualquer um pode cair. Preste atenção na hora de passar na maquininha. Confira se o valor cobrado está correto e se o o cartão que o vendedor devolveu é mesmo o seu. Prefira comprar de ambulantes credenciados.

Só o básico e celular bem carregado

A lei do "menos é mais" é boa para um evento desta proporção. Leve só o básico: documento de identificação, dinheiro para comer e beber e, se for o caso, vale-transporte e celular (bem carregado, hein?). Há até quem use celulares mais velhos, mudando só o chip, para evitar problemas.

Banheiros...

Por onde andar, procure os banheiros e dê uma olhada nas filas, para quando precisar não passar perrengue. Serão 1.052 banheiros químicos (incluindo banheiros PNE) espalhados por 61 bolsões, sendo 57 no Centro. Ou procure estabelecimentos que oferecem o toalete aos seus clientes.

Olhos abertos

Procure sempre passar por lugares movimentados, evitar caminhos escuros e pontos de ônibus vazios. Assim é mais seguro transitar pela Virada, até por conta de sua programação avançando pela madrugada.

Se deu ruim... mantenha a calma

A prefeitura prepara uma estrutura com 630 bombeiros, 1500 seguranças particulares e o efetivo da PM e da GCM. Caso tenha problemas de saúde, 87 ambulâncias estarão em ação, complementadas por 14 UTIs movéis.